Realizou-se no passado dia 24 de janeiro, a sessão escolar do Parlamento dos Jovens do Secundário, na qual foram eleitos pelos seus pares, os dois deputados efetivos e um suplente, que irão defender, na Sessão Distrital, agendada para o dia 5 de março, em Aveiro, e as três medidas escrutinadas, que passam a constituir o Projeto de Recomendação da Secundária de Anadia. Na sessão escolar foi igualmente eleita a candidata à presidência da Mesa da Sessão Distrital e escolhido o tema que irá ser proposto para o próximo ano, “Ordenamento florestal, Valorizar! Preservar!”.
No projeto deste ano os alunos revelaram um maior envolvimento face ao tema, evidenciado nos vários momentos, desde a composição das cinco listas candidatas e respetivas medidas, nas quais estiveram presentes alunos dos três anos do secundário, passando pela boa dinâmica da campanha eleitoral, com recurso a materiais bastante diversificados e apelativos, apresentação das medidas a outras turmas, em contexto de sala de aula e ainda pela forma responsável e empenhada com que participaram nas várias iniciativas entre as quais destacamos a Palestra/Debate, organizada pela equipa de professores que lidera este projeto na Escola, sobre o tema “Igualdade de Género – Tráfico de Seres Humanos”, que foi conduzida pela Psicóloga Sónia, Araújo, da APF, e que contou com a presença de 80 alunos.
A nível interno, nas turmas envolvidas no projeto com a apresentação de listas, os professores das disciplinas de História A e Geografia A, promoveram ao longo de várias aulas pequenos fóruns de leitura e sensibilização bem como debates críticos sobre o tema (foram utilizados diversos materiais divulgados pela Plataforma do Parlamento dos Jovens). Posteriormente os professores foram acompanhando os alunos, como consultores, na elaboração das medidas propostas a sufrágio.
Pela forma como os deputados eleitos à Sessão Escolar cumpriram as regras do debate democrático, mostraram boas capacidades argumentativas e disponibilidade para a negociação e, não menos importante, revelaram enorme disponibilidade para a participação cívica, acreditamos que o Projeto de Recomendação e a candidatura à Mesa da Sessão Distrital, serão brilhantemente defendidos pelos deputados eleitos.

 

Ler mais na edição impressa ou digital