Querem a desagregação da União de Freguesias de Amoreira da Gândara, Paredes do Bairro e Ancas porque esta terá falhado nos seus objetivos, princípios e pressupostos da Reorganização Administrativa.
Uma reivindicação que parte de um grupo de cidadãos, todos residentes em Amoreira da Gândara, (concelho de Anadia) intitulado “Juntos pela restauração das nossas identidades”, e que vai lutar por todos os meios para alcançar “a reversão da organização administrativa” a que as três freguesias foram sujeitas.

Catarina Cerca

Leia a reportagem completa na edição de 29 de março 2018 do JB