O Núcleo de Cantanhede da Liga dos Combatentes, em parceria com o Município e a União de Freguesias de Cantanhede e Pocariça, comemorou no dia 27 de outubro, o Centenário da I Grande Guerra e Homenageou os combatentes da Guerra do Ultramar, da União de Freguesias de Cantanhede e Pocariça.

As cerimónias começaram com a homenagem aos mortos junto do Monumento aos combatentes do Ultramar, com deposição de duas coroas de flores, pela presidente da Câmara, Helena Teodósio, e pelo Major General Idílio Freire, presidente de Assembleia do Núcleo de Cantanhede, convidados pela presidente da União de freguesias de Cantanhede e Pocariça, Aidil Machado, e pelo presidente do Núcleo de Cantanhede da Liga dos Combatentes, Sargento-Chefe Mário Cavadas. Foram executados os toques de silêncio, homenagem aos mortos, prece pelo pároco de Cantanhede, Padre João Pedro e por fim toque de Alvorada.

A data foi escolhida para a apresentação da Exposição “Trincheira Evocativa da I Grande Guerra – Rememorar 1914-1918” apresentada pelo autor Manuel Ferreira, de Oliveira de Azeméis, neto de um antigo combatente da I grande Guerra.
A comitiva seguiu depois para a Biblioteca Municipal onde decorreu a conferência “Participação de Portugal na I Grande Guerra”, apresentada pelo tenente coronel Brandão Ferreira, perante uma plateia de combatentes e familiares, que encheu o espaço.