Com praticamente um ano de “vida”, o programa de apoios ao Empreendedorismo, implementado pelo Município de Anadia em fevereiro de 2018, já contemplou 21 projetos. O vereador Ricardo Manão, que tutela a área do Empreendedorismo”, faz um balanço “francamente positivo” deste primeiro ano.

As Normas de Execução para a Atribuição de Benefícios Fiscais e Apoios Municipais no âmbito do Regulamento “Invest em Anadia” foram aprovadas a 7 de fevereiro de 2018 e, desde essa altura já contemplaram, neste 1.º ano de existência, 21 candidaturas, que correspondem a 21 novos estabelecimentos/negócios em laboração no concelho de Anadia, com as consequências positivas para a economia local.

Informática, florista, comércio de duas rodas, serviços florestais, educação, eletricidade e manutenção industrial, restauração, estética e barbearia, construção civil, vida saudável, desporto, serviços especializados de contabilidade e mediação imobiliária, vestuário e lavandaria foram, até ao momento, as áreas de negócio contempladas com os benefícios camarários, no âmbito do Regulamento “Invest em Anadia”.

O autarca faz um balanço “francamente positivo”, não só “pela criação de emprego”, mas também “pela maior abrangência e diversidade de serviços prestados no concelho”, tendo “superado as nossas expectativas iniciais”. Neste momento, e dada a divulgação das medidas implementadas, diariamente os serviços do Município de Anadia “são contactados por novos empreendedores”, no sentido de conhecer como se podem candidatar aos incentivos preconizados no “Invest em Anadia”.