O Plano Municipal de Defesa da Floresta Contra Incêndios (PMDFCI) de Anadia foi aprovado, por unanimidade, na última assembleia municipal, realizada no passado dia 28 de fevereiro.
Trata-se de um plano que define as novas orientações para que o município possa atuar em conformidade, nomeadamente no cumprimento das regras de limpeza das faixas de gestão de combustíveis.
Refira-se ainda que este processo passou por várias fases, tendo-se iniciado pela aprovação da Comissão Municipal de Defesa da Floresta, recebendo ainda parecer vinculativo positivo do ICNF (Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas). Passou ainda por um período de Consulta Pública, tendo sido posteriormente aprovado em reunião de executivo.
O documento é constituído por dois cadernos técnicos onde é efetuado o diagnóstico do concelho em matéria de Defesa da Floresta Contra Incêndios, seguindo-se a respetiva prescrição através de cinco eixos estratégicos, nomeadamente aumento da resiliência do território aos incêndios rurais; redução da incidência dos incêndios rurais; melhoria da eficácia do ataque e da gestão dos incêndios rurais; recuperação e reabilitação dos ecossistemas; e adaptação de uma estrutura orgânica funcional e eficaz.

 

Ler mais na edição impressa ou digital