A edição 2019 da Expofacic continua a somar nomes sonantes da cena musical internacional. Lukas Graham e Kura, a 3 de agosto, Ludmilla, a 1 de agosto e Emeterians, a 26 de julho, são as mais recentes escolhas da Comissão Executiva para o Cartaz de Espetáculos do melhor evento de Portugal a nível Ibérico e detentor do Prémio Cinco Estrelas Regiões/2019.
 
Os Lukas Graham não são uns novatos no que diz respeito a digressões. O nome pode dar a ideia de que se trata de um artista apenas, mas na verdade Lukas Graham é uma banda dinamarquesa com aptidões musicais de elevado nível que propõe uma viagem de emoções pontuada por incríveis solos de saxofone – e não só…
 
Liderada pelo vocalista e compositor Lukas Graham Forchhammer, a banda é formada por um grupo de amigos de infância, Mark “Lovestick” Falgren, Magnús “Magnúm” Larsson e Kasper Daugaard que colocaram o hit “7 Years” em n.º 1 em 33 países, dos tops das rádios americanas Top 40 e Hot AC, atingindo o n.º 2 na Billboard Hot 100 e… com mais de 430 milhões de streamings no Spotify!
 
A linguagem dominante dos Lukas Graham é uma pop primaveril conduzida pelo piano, com pedaços de r&b clássico e um respirar hip-hop, que conquista unanimidade entre milhares de seguidores.
 
Na mesma noite, a 3 de agosto, Kura, DJ e produtor português com mais hype a nível mundial, entra no alinhamento para adicionar carisma e o dom para a arte da mistura que ilumina os DJs de referência. 
 
Neste momento, Kura é o único português com contrato assinado com a Spinnin Records, a maior editora mundial de EDM, e é também o único português na Anna Agency, a agência  que também representa Hardwell. 
 
Dois dias antes, a 1 de agosto, o “sabor” com Ludmilla, carioca, nascida em Duque de Caxias, de apenas 24 anos, cantora que coleciona álbuns de sucesso e uma indicação ao Grammy Latino. Considerada a cantora negra brasileira mais seguida no Instagram, com 11 milhões de seguidores, Ludmilla é a cantora de funk mais popular do Brasil com mais de 907 milhões de visualizações em seus videoclipes no You Tube e parceria com grandes nomes internacionais como Maejor e Jeremih. 
 
O êxito nas plataformas digitais resulta de singles Solta a Batida, Não Encosta, Din Din Din e Jogando Sujo, que alcançaram o Top 50 Brasil, tendo Din Din Din assegurado a primeira posição no topo na altura do lançamento.
 
Já a 26 de julho, a Expofacic prossegue a rota das mais recentes tendências musicais com os Emeterians, madrilenos de nascimento, jamaicanos de coração e que adotaram Londres como meio criativo. SistahMaryJane, Brother Wildman y Maga Lion estão no primeiro plano da cena reggae com “The Journey”, resultado da vivência londrina que os ajudou a crescer como pessoas e como músicos. NKy-mani Marley, um dos filhos de Bob Marley, acompanha Emeterians na música “Babylon Bridge”, single misturado por Dille Stingray.
 
Com Richie Campbell, expoente máximo do reggae português, também presente no alinhamento para 26 de julho, a noite promete um cocktail de emoções com dois exemplos do esplendor do movimento musical jamaicano, que a UNESCO classificou de Património Imaterial da Humanidade.