Chama-se “Burgos dei Filios” a aldeia medieval para crianças cujas portas o Museu do Brincar vai abrir no próximo dia 28 de maio.
 
O evento, que decorrerá até dia 2 de junho, nos jardins contíguos ao Palacete Visconde de Valdemouro, em Vagos, onde funciona o museu, promete ser uma novidade em toda a sua dimensão, proporcionando múltiplas experiências às crianças, acompanhadas pelos seus pais.
 
Com o objetivo de assinalar o Dia Mundial do Brincar (28 de maio) e o Dia Internacional da Criança (1 de junho), o Museu do Brincar, com o apoio da Câmara de Vagos, decidiu avançar com este projeto há muito pensado e que nasceu de várias iniciativas avulsas ligadas à temática, levadas a efeito pelo museu na Feira Afonsina de Guimarães, contou Joaquim Rocha (Jackas), diretor do Museu do Brincar.
“Não há memória de haver uma aldeia medieval feita a pensar nas crianças”, sublinhou aquele responsável, apontando que “o evento é único na região e até no país”.
O espaço, a ser erguido naquele local onde a autarquia juntou as celebrações de Natal para os mais novos, terá castelo, liça para brincadeiras, tendas e espaços para jogos, quinta para animais em miniatura e aves e terreiro com mesa para os diversos ateliês.
 
No interior do espaço estarão reunidas todas as condições para que, durante aqueles seis dias, as crianças possam participar em várias oficinas (feitura de pão, construção de elmos e pulseiras, etc.), danças medievais, Teatro de Bonifrate, contador de histórias, entre muitas outras atividades.
 
Leia mais na edição de 23 de maio do Jornal da Bairrada