A bênção de três novas viaturas de transporte de doentes não urgentes, uma das quais elétrica, e a promoção de dois bombeiros foram, na última quarta-feira, dia 16, os acontecimentos que marcaram o dia na vida da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Anadia (AHBVA).
A cerimónia, ainda que singela, contou com a presença de elementos que integram os vários órgãos sociais da associação, bombeiros e autarcas.
Depois da promoção a chefe de Dário Manuel Costa e a bombeiro de 1.ª , António José Pereira, caberia ao padre António Torrão proceder à bênção das viaturas.
 
Inovação
Na hora dos discursos, Pedro Carvalho, presidente da direção da AHBVA, era um homem feliz, ao conseguir, neste seu mandato, mais uma significativa melhoria para a corporação: a tão necessária, quanto desejada, renovação da frota da corporação. Uma tarefa que está a ser realizada de forma gradual e consistente, já que algumas viaturas acusavam há vários anos o peso da idade e dos milhares de quilómetros percorridos.
Num agradecimento sentido aos bombeiros e ao seu desempenho ao longo do verão, Pedro Carvalho não deixou de frisar que as novas viaturas “são fundamentais” à corporação para que esta possa “prestar um bom serviço”, destacando ainda sentir-se orgulhoso pelo facto da corporação anadiense ser a primeira, a nível nacional, dotada com uma viatura cem por cento elétrica (com autonomia para 150 quilómetros), para transporte de doentes não urgentes, fruto da caminhada solidária promovida pela VITI.
 
Ler mais na edição impressa ou digital