A Câmara Municipal vai isentar de IMI e de Derrama, nos próximos anos, três projetos de interesse municipal, cujo investimento ronda os 14 milhões de euros. Os projetos são das empresas Ferneto, Unibike e Placacem e as respetivas propostas de isenção foram aprovadas na reunião de câmara de 28 de novembro.

O presidente da Câmara, Silvério Regalado, adiantou tratar-se de investimentos “muito substanciais”, dois na Zona Industrial de Vagos e um no Parque Empresarial de Soza. No caso da Ferneto (máquinas e artigos para a indústria alimentar), que é já “uma empresa de referência no concelho”, o recente investimento é de 5 milhões de euros e vai criar 30 novos postos de trabalho. A Placacem (produção de produtos ligados ao betão) vai investir 2.9 milhões de euros e criar 15 postos de trabalho. No PES vai instalar-se a Unibike, num investimento de mais de 6 milhões de euros e criação de 50 postos de trabalho.
No caso da Ferneto e Unibike, a isenção é pelo período máximo (cinco anos), para a Placacem, três anos.

Leia a reportagem completa na edição de 5 de dezembro de 2019 do JB