A Ministra da Agricultura, Maria do Céu Albuquerque, presidiu, no dia 14 de janeiro, à celebração dos 40 anos de Demarcação da Região Vitivinícola da Bairrada.
Foi em Anadia, mais concretamente no Museu do Vinho, que a governante começou o dia numa reunião de trabalho com a Comissão Vitivinícola da Bairrada, Associação Rota da Bairrada, Confraria dos Enófilos da Bairrada e autarcas da região. Um encontro que serviu para debater diversos projetos, dar a conhecer os esforços dos vários agentes económicos ligados à fileira do vinho da região, mas também a vontade de ver instalado, na região, um Centro de Investigação Nacional do Espumante. A uma só voz, o município de Anadia e a Comissão Vitivinícola da Bairrada (CVB) reiteraram o desejo de ver instalado, na região, este Centro de Investigação.
A disponibilidade para acolher esta infraestrutura foi abordada pela presidente da Câmara Municipal de Anadia. Uma pretensão que poderá revitalizar, em Anadia, as instalações da Estação Vitivinícola da Beira Litoral e que vai ao encontro da estratégia do Governo para o setor. Isso mesmo foi avançado pela Ministra da Agricultura, ao salientar a criação de um centro de estudos do espumante como um “objetivo partilhado”.
“Em breve, vamos apresentar a nossa agenda para a inovação, onde esta vertente vai estar disponível e entrar em discussão pública”, disse a propósito da intenção de criar, a nível nacional, centros de investigação, revitalizando equipamentos existentes, num trabalho conjunto do Ministério da Agricultura, autarquias, Comunidades Intermunicipais, mas também universidades e politécnicos.

Leia a reportagem completa na edição de 23 janeiro