A Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Anadia (AHBVA) acaba de lançar um apelo à população, no sentido de angariarem mais sócios, mas também para que aqueles que já o são e que ainda não liquidaram a quota do corrente ano ou de anos anteriores o façam.

Como explica Pedro Carvalho, presidente da direção, “atendendo à complexa situação atual face ao decreto de Emergência Nacional”, mas também devido à “diminuição drástica no Serviço de Transporte de Doentes Não Urgentes”, tida como uma das principais fontes de receita e que “baixou drasticamente comprometendo encargos financeiros mensais”, a AHBVA apela agora à generosidade dos anadienses. Por outro lado, a corporação teve necessidade de adquirir materiais e equipamentos de proteção individual, devido ao surto de COVID-19, o que veio criar “uma despesa acrescida nas finanças da associação.”

Pedro Carvalho avança ainda que, no seguimento do Plano Interno de Contingência, o corpo de Bombeiros passa a assegurar apenas serviços de Urgência e Emergência, Combate a Incêndios e Socorro em Acidentes. Ainda assim, tudo será feito para que “o socorro não seja comprometido e se mantenha no patamar de excelência”.

Às empresas/ instituições que pretendam ajudar a AHBVA  é pedido que articulem com o comandante do corpo de bombeiros “no sentido de evitar desperdícios e definir prioridades”.

A CONTA SOLIDÁRIA AHBVA COVID-19 tem o IBAN: PT 0036 0148 991000444 59 38.

Quaisquer dúvidas e questões poderão ser encaminhadas para: secretaria@bvanadia.pt ou 968 950 654.