A ABIMOTA – Associação Nacional das Indústrias de Duas Rodas, Ferragens, Mobiliário e Afins, enquanto entidade promotora do Grande Prémio ABIMOTA, decidiu suspender a realização desta clássica do ciclismo nacional. Depois de uma análise profunda e na sequência da manutenção da suspensão das provas do calendário velocipédico nacional, até 31 de maio, pela Federação Portuguesa de Ciclismo, inserido no esforço nacional de contenção da pandemia do COVID-19, a ABIMOTA decidiu suspender a realização da 41.ª edição na data para que estava programada, 10 de junho.