Orçado em mais de três milhões de euros, o Parque Urbano de Anadia começa, pouco a pouco, a tomar forma. Dia após dia, as transformações no terreno vão permitindo descortinar o projeto concebido para criar uma nova centralidade na cidade.

Na última quarta-feira, dia 15, o executivo da câmara municipal, liderado por Teresa Cardoso, visitou a obra que poderá estar concluída no final do ano, sendo a empreitada comparticipada em 50 por cento pelos Fundos Comunitários.

São cerca de 10 hectares de terreno, localizado junto ao Rio da Serra, onde começa a tomar forma um parque que visa melhorar a qualidade de vida urbana, criando um fator de atratividade que contribua para a fixação de população naquela zona. O projeto pretende valorizar urbanisticamente a entrada norte da cidade, contemplando uma vasta área arborizada e ajardinada, uma zona para a prática desportiva ao ar livre e edifício de apoio com sanitários, um parque infantil, uma praça central, um parque de merendas com cafetaria de apoio, um lago biológico, percursos para circulação pedonal e ciclovia, parque de estacionamento para automóveis e autocarros.

Ler mais na edição impressa ou digital