A Câmara Municipal de Anadia adjudicou a empreitada para a reabilitação e adaptação das instalações do Quartel do Destacamento Territorial da Guarda Nacional Republicana (GNR) de Anadia, à empresa Nível 20, num investimento que ronda o milhão de euros e um prazo de execução de 12 meses. A intervenção aguarda agora o visto do Tribunal de Contas para o seu início.

Há muito que o Município de Anadia aguarda por esta intervenção de fundo, face às degradantes condições em que se encontra a sede do Destacamento e do Posto Territorial da GNR. Esta requalificação vai ser possível, em virtude do esforço que o Município encetou, junto da tutela, para que a situação fosse desbloqueada, terminando o processo, no passado mês de fevereiro, com a assinatura do Contrato de Cooperação, entre o Município, o Ministério da Administração Interna e a GNR.

A remodelação implica uma reorganização de todo o espaço interior, no sentido de criar uma maior funcionalidade dos serviços, tanto para os militares como para os cidadãos, inclusive para as pessoas com mobilidade condicionada.

No rés-do-chão do edifício funcionarão os serviços adstritos ao Posto Territorial e os serviços gerais do quartel, enquanto que o primeiro andar albergará as valências afetas ao Comando do Destacamento Territorial e o dormitório. Na parte de trás do edifício, será construído um novo espaço de apoio, onde serão instaladas as garagens, áreas técnicas e arrecadações.

A intervenção irá permitir uma melhoria inequívoca das condições de trabalho dos militares da GNR, promotora de um serviço público e contribuindo, ainda, de forma muito significativa, para a valorização das instalações adequadas ao desempenho da missão policial, tendo em vista a garantia da segurança e da tranquilidade dos munícipes.

Entretanto, o Município de Anadia, em conjunto com a GNR, está a desenvolver todos os esforços, no sentido de encontrar a melhor solução para a instalação provisória dos efetivos, dos equipamentos e viaturas, que terão de funcionar num local alternativo e transitoriamente até à conclusão da empreitada que se estima até ao final do próximo ano.