Nuno Russo, Secretário de Estado da Agricultura e Desenvolvimento Rural, presidiu, na tarde da última segunda-feira, à cerimónia de entrega dos prémios referentes ao 40.º concurso “Os melhores vinhos da Bairrada” colheita de 2019, evento que decorreu no Museu do Vinho, em Anadia.
Numa iniciativa da Confraria dos Enófilos da Bairrada, esta edição ficaria marcada pela indicação de que o tão almejado Centro Nacional de Investigação para o Espumante poderá vir a dar uma nova vida às instalações da Estação Vitinivícola da Bairrada (EVB).
Segundo o governante, “a Estação Vitivinícola da Bairrada, para além de ser um ativo irrefutável do ponto de vista patrimonial, detém todas as condições – vinha, laboratório enológico e conhecimento – para encabeçar e trazer este olhar disruptivo, fora da caixa (ou da garrafa, se preferirem) para o espumante e para a sua produção”. Daí, a sua integração na Rede de Inovação que faz parte desta Agenda, explicaria Nuno Russo que aos presentes clarificava ainda que a Agenda de Inovação para a Agricultura 20 | 30, já divulgada, “aposta no conhecimento, na investigação e na tecnologia”, ambicionando “reforçar o papel do setor na resposta aos desafios” futuros.

Ler mais na edição impressa ou digital