Recortes.pt Leia no Recortes.pt

Tag Archive | "obras"

Anadia: Secretário de Estado inaugura novos espaços da APPACDM


Agostinho Branquinho, secretário de Estado da Solidariedade e da Segurança Social preside, amanhã, sexta-feira, dia 26, pelas 15h, à cerimónia de apresentação dos novos espaços do edifício sede da APPACDM de Anadia.
As obras de remodelação do edifício-sede da instituição iniciaram-se em 2014 e ficaram agora concluídos.
De acordo com Madalena Cerveira, presidente da direção da APPACDM, “tínhamos de fazer novos sanitários porque o número de utentes aumentou. Aproveitámos para remodelar todo o espaço interior, uma vez que este edifício já tem vários anos”.
As obras, já concluídas, dotam o edifício-sede da instituição de outras condições de conforto que não tinha. “O espaço foi todo remodelado. É uma casa nova”, avançou aquela responsável.
Uma obra orçada em mais de 200 mil euros e só possível porque a instituição recorreu a um empréstimo bancário, mas também porque foi realizada uma candidatura ao Fundo de Socorro Social, que comparticipa com 50% na aquisição de novo mobiliário para todo este espaço e de uma nova viatura de 9 lugares adaptada (esta a adquirir só em janeiro próximo).
Madalena Cerveira avança ainda que se trata de um grande esforço da instituição, empenhada em dotar as suas instalações de todo o conforto e qualidade.
As obras vêm permitir ainda o alargamento do número de utentes. A APPACDM era frequentada por 45 utentes em CAO (Centro de Atividades Ocupacionais) e agora vê o acordo ser alargado pela Segurança Social para 60 utentes, ou seja, mais 15.
A responsável da instituição não deixa de destacar a solidariedade, apoio e empenho de muitas empresas do concelho e da região que, desde a primeira hora, se associaram a esta beneficiação.

Posted in Anadia, Por Terras da BairradaComments (0)

Anadia: Alargamento da Rua da Fontela


O executivo anadiense decidiu, por unanimidade, na última reunião, proceder à aquisição, por cinco mil euros, de uma parcela de terreno para o alargamento da Rua da Fontela no seguimento da beneficiação da Rua Justino Sampaio Alegre, em Anadia.
Uma beneficiação aplaudida por todos os vereadores, ainda que o vereador do MIAP, Litério Marques, não tenha deixado de sublinhar como seria igualmente benéfico melhorar as acessibilidades ao hospital, fosse por compra ou expropriação. “Acredito que aquele hospital, no futuro, vai ter muito movimento”, pelo que seria uma forma “de dar ao hospital uma nova face, moderna e de boas acessibilidades”, porque o trânsito ali se faz num só sentido, o que, por vezes, causa algum transtorno.

Posted in Anadia, Por Terras da BairradaComments (0)

Bombeiros de Vagos: Obras no quartel à espera da reabilitação urbana


Inscrita como “subsídio” a atribuir pela câmara municipal, no orçamento financeiro e plano de ação dos Bombeiros Voluntários para 2015, uma verba de 100 mil euros foi sinalizada para obras de requalificação do edifício sede daquela associação, que a direção pretende iniciar em breve.

“É urgente tentar lançar as obras ainda no decorrer deste ano”, considera o presidente da instituição. César Grave, que tomou posse no final do primeiro trimestre de 2014, confirma agora que pretende obter fundos comunitários para o efeito, através de uma candidatura ao Programa Operacional Temático Valorização do Território (POVT), no âmbito do domínio de intervenção “prevenção e gestão de riscos”.

O projeto, orçado em cerca de 900 mil euros, no total, está para já concluído. Mas a sua execução será faseada, de acordo “com a disponibilidade financeira da associação e/ou ajudas ou financiamento”, pode ler-se no documento, aprovado por unanimidade, no decorrer da assembleia-geral realizado no passado sábado.

Com a nova direção, as obras no quartel são mesmo para avançar. Para o corrente ano, o montante previsto para investimento ascende a 280 mil euros. Mas a candidatura vai ficar “pendurada”, à espera da criação, pela autarquia, da chamada área de “reabilitação urbana” do centro da vila, “devidamente regulamentada e fundamentada”.

Trata-se de um procedimento legal, imprescindível para os municípios “que pretendam fazer candidaturas no âmbito da reabilitação urbana, na vertente pública ou privada”, explicou o presidente da câmara, Silvério Regalado.

Eduardo Jaques/Colaborador

Leia a notícia completa na edição impressa ou digital do JB de 2 de abril de 2015

Posted in Por Terras da Bairrada, VagosComments (0)

Sangalhos: Conclusão das vias de acesso ao pavilhão do SDC


A conclusão das vias de acesso ao pavilhão do Sangalhos Desporto Clube vai ser, em breve, uma realidade.
A edil Teresa Cardoso explicou, na última reunião de câmara, que a obra será feita por concurso público e visa concluir os trabalhos das vias adjacentes ao Pavilhão.
Na ocasião, Litério Marques não deixou de criticar a inexistência de um projeto para que todos os vereadores pudessem ver o que está previsto para o local.
A presidente avançou ainda que a empreitada é para a conclusão dos trabalhos iniciados (pavimentação de zona da rotunda, estacionamento, águas pluviais, passeios, iluminação pública, sinalização horizontal e vertical), enfim, concluir tudo o que está em falta.
A obra tem um prazo de execução de 60 dias e irá custar 157 mil euros (acrescidos de IVA).

Posted in Anadia, Por Terras da BairradaComments (0)

Sangalhos: Passeios e rotunda inacabados


Em Sangalhos, não passa despercebido a ninguém que a conclusão dos arruamentos, passeios, rotunda e arranjos exteriores ao Complexo Desportivo do Sangalhos Desporto Clube tarda a chegar.
Na última reunião do executivo anadiense, a vereadora Lígia Seabra, do PSD, voltou a questionar a presidente de Câmara Municipal, Teresa Cardoso, sobre esta situação, que considera ser “um feio cartão de visita” a todos os clubes e atletas de outras localidades que semanalmente se deslocam a este complexo desportivo, causando ainda, diariamente, muitos transtornos aos pais e atletas que se deslocam para o pavilhão.
De resto, os vereadores do PSD, já em julho de 2014, trouxeram esta mesma questão a uma reunião do executivo, por se mostrarem preocupados com a interrupção na construção dos arranjos exteriores e acessos ao pavilhão. É que, dois anos após a inauguração do pavilhão de treinos e recuperação do pavilhão principal, obra orçada em cerca de 900 mil euros, a zona envolvente ainda não foi totalmente requalificada.
Assim, a vereadora Lígia Seabra questionou novamente a edil Teresa Cardoso quanto ao atraso na conclusão das obras: “Há sete meses questionei este caso, pela primeira vez. Disse que as obras iam avançar”, referiu, lamentando, contudo, que o que se veja sejam obras por concluir, obras começadas e deixadas ao abandono.
A presidente da autarquia de Anadia explicou que, no que concerne à rampa de acesso aos balneários e passeios, a intervenção está terminada e que oportunamente vai lançar um novo concurso para uma outra empreitada, com vista à conclusão das obras em causa.
Catarina Cerca
catarina@jb.pt

Posted in Anadia, Por Terras da Bairrada, SangalhosComments (0)

Biblioteca de Anadia desvenda “O segredo dos candeeiros”


A Biblioteca Municipal de Anadia recebe, no próximo dia 8 de novembro, pelas 15h, uma sessão de apresentação do romance “O Segredo dos Candeeiros“, da autoria de Filipe Monteiro, cabendo a Manuel Santiago a tarefa de dar a conhecer um pouco mais sobre a obra e o autor.
O evento, que contará com a presença da Presidente da Câmara, Maria Teresa Cardoso, será também ocasião para uma sessão de autógrafos e animados momentos de magia, já que o multifacetado autor é igualmente conhecido pelos seus dotes nas artes do ilusionismo.

Sobre o autor. Filipe L. S. Monteiro é licenciado em Química Analítica pela Universidade de Aveiro (1984 – 1988). Durante mais de vinte anos trabalhou na indústria, tendo trocado essa atividade por outras paixões: a escrita, o ilusionismo, a astronomia e a música.
O Menino que Sonhava Salvar o Mundo”, o seu primeiro livro infantil, editado pela Chiado Editora, fala-nos um pouco das suas brincadeiras de criança.
Filipe L. S. Monteiro tem ainda dois romances concluídos (de ficção aventura) – “O Segredo dos Candeeiros”, uma aventura à volta de descobertas arqueológicas na Serra dos Candeeiros (Grutas de Mira d’Aire), e “Os Livros da Droga”, onde acompanhamos a vida de um famoso autor de livros de ficção e aventura, saltitando entre as memórias do seu passado e os dias atuais.

Sinopse da obra. Que segredos encerram aqueles estranhos achados encontrados na Serra dos Candeeiros e grutas de Mira d’Aire, e que já valeram a morte de vários arqueólogos? Quem será a misteriosa e sinistra Organização que tudo fará para se apoderar daquele segredo milenar? José e Filipa, os sobrinhos André, Rafa e Ana Sofia, o cão Doc, e Andreia, uma jovem que conheceram nessas férias em Nazaré, envolvem-se numa aventura que os leva pelas profundezas das grutas de Mira de Aire, pelas paisagens da Serra dos Candeeiros e pelos meandros dos túneis do CERN, na tentativa de decifrarem os estranhos símbolos que têm sido encontrados um pouco por toda a parte, mas com especial relevo naquela zona das Serras de Aire e Candeeiros. O conhecimento daquele segredo milenar permitirá, a quem o detiver, o controlo da velocidade de rotação da Terra e do sentido do seu eixo polar, capacitando-os de provocar enormes tornados e terríveis furacões sobre vastas e selecionadas áreas do planeta. Caberá a José e ao seu grupo, em colaboração com vários cientistas do CERN liderados pelo Dr. Thomas Merrick, deslindar os misteriosos escritos pré-diluvianos, procurando estar sempre um passo à frente da poderosa Organização. Mas eles sabem que a perda da corrida poderá causar ao mundo consequências desastrosas, uma simples distração trar-lhes-á consequências fatais! É que os elementos da Organização vigiam-nos, atentamente, nas profundezas da gruta…

Posted in Anadia, Por Terras da BairradaComments (0)

Convento de Sta. Cruz com obras de manutenção


A pensar no próximo inverno, a Fundação Mata do Buçaco tem vindo a fazer vistorias à estrutura da cobertura do Convento, identificando as principais patologias que permitem, neste período, concretizar trabalhos de limpeza e reparações dos elementos cerâmicos que possibilitam a salvaguarda da mesma.

Em paralelo decorre o processo e programação do projeto de recuperação do património que visa restaurar a mata do Buçaco, na componente do Património Cultural.

Posted in Mealhada, Por Terras da BairradaComments (0)

Cais das Folsas Novas (Vagos): obras seguem dentro de momentos


O prazo limite da obra era fevereiro do corrente ano, mas “afinal tudo continua na mesma”. Falamos da requalificação do antigo cais das Folsas Novas, que este ano não acolheu a 30ª edição do festival do moliceiro, transferido à última hora para a casa-museu de Santo António de Vagos.

O alerta foi deixado pela vereadora Maria Céu Marques, no decorrer da última reunião de câmara. Segundo a vereadora, eleita pelo CDS, que exige, por parte da autarquia, uma tomada de posição junto da Polis da Ria, responsável pela obra, o local envolvente continua nacessível, enquanto a empreitada “marca passo”.

Eduardo Jaques

Leia a notícia completa na edição digital ou impressa.

Posted in Destaque, Por Terras da Bairrada, VagosComments (0)

Anadia: Requalificação da Rua Justino Sampaio Alegre vai avançar


Foi adjudicada a requalificação urbana e acessibilidades integradas da Rua Justino Sampaio Alegre, localizada no centro da cidade de Anadia.
A obra, que ascende a 311.536,90 euros (+IVA), foi adjudicada à empresa Irmãos Almeida Cabral Lda.
Na última reunião de executivo, foi revelado que este investimento na rede viária prevê a colocação de uma nova conduta para a rede de água, assim como a construção de novos ramais, já que esta via tem vindo a sofrer sucessivas ruturas, algumas das quais graves.
Ao nível das infraestruturas elétricas, a obra contempla a substituição de toda a iluminação pública ao longo desta via residencial. Paralelamente, vão ser construídos passeios, zonas de estacionamento e uma pequena ciclovia num dos sentidos.
Durante a reunião de executivo, realizada no passado dia 23 de julho, a edil Teresa Cardoso deu ainda indicação de que também a sustentação de terras e a encosta será alvo de uma beneficiação, existindo num ou noutro ponto uma ligeira correção ao traçado e à própria via.
A obra tem um prazo de execução prevista de 90 dias.

SLAT em ruínas. No início desta Rua está localizado um dos edifício dos antigos Serviços de Luta Anti-Tuberculose (Dispensário SLAT) de Anadia que ameaça ruir, tal o avançado estado de degradação em que se encontra. Aliás, os muros e algumas paredes apresentam uma evidente inclinação e possuem rachadelas consideráveis. Embora seja propriedade do Estado, há várias dezenas de anos que se encontra desativado, tendo a profunda deterioração a que chegou levado a autarquia de Anadia a, por diversas vezes, tentar chegar a um entendimento com a tutela, nomeadamente com o Património do Estado.
A JB, a edil Teresa Cardoso confirmou ter recebido uma comunicação do Património do Estado para que tratasse deste assunto com a ARS já que, afinal, é esta entidade que tutela os SLAT de Anadia e de Sangalhos e não o Património do Estado.

Catarina Cerca

Posted in AnadiaComments (0)

Anadia: Pavilhão gimnodesportivo em obras de conservação


Com cerca de três décadas de vida, o pavilhão gimnodesportivo de Anadia vai entrar em obras de conservação e reparação. Uma intervenção significativa, que atinge os 150 mil euros (a que acresce o IVA), a levar a cabo pela Câmara Municipal de Anadia.
Para além da substituição de toda a cobertura – ainda em amianto – todo o edifício será pintado e recuperados todos os vidros.
Na última reunião de câmara foi aberto concurso público para esta obra que a vereação aplaudiu, por se tratar de urgente.
Na ocasião, José Manuel Ribeiro congratulou-se com o início desta beneficiação, enquanto que Litério Marques não deixou de criticar que embora o amianto seja tão contestado e esteja na ordem do dia, sejam precisamente os edifícios e equipamento do Estado os únicos onde aquele material se mantém. “A Câmara está a criar condições a uma instalação com muitos anos e que é preciso requalificar em benefício do povo de Anadia”, disse.
Segundo a autarca Teresa Cardoso, trata-se de uma rubrica inscrita no Plano de Atividades, sendo indispensável avançar com a obra.

Posted in Anadia, Por Terras da BairradaComments (0)

Blogues recomendados


Cagido

RUA DA FONTE, PÓVOA DO PEREIRO
   Uma rua a precisar de água fresca e renovação, pois há muito, que sabemo …


Notícias de Bustos

SOBUSTOS – Biblioteca não é só livros, também é um espaço de amigos. (NB, 10-05-2012)
Nota de abertura:Porque a câmara municipal pretende enviar o Pólo de Leitur …


Portal de Nariz

"Escrita Criativa" na sala de Exposições da Palhaça
Foi com palavras de ânimo, carinho e apoio, que o presidente da Junta de fr …

Pergunta da semana

Portugueses praticam cada vez mais exercício ao ar livre. É o seu caso?

View Results

Loading ... Loading ...
Newsletter Powered By : XYZScripts.com