Os Bombeiros Voluntários de Vagos (BVV) realizaram, no passado domingo, o seu primeiro ”auto stop”. Apesar da propalada crise, e da realização de outros eventos na sede do concelho (concentração de minis e feira dedicada ao todo-o-terreno), o peditório correu de feição. Rendeu 9.300 euros, valor que fica a aguardar pelo resultado do próximo peditório, a 8 de Agosto, já com a presença dos nossos emigrantes.
De referir que o montante arrecadado destina-se à aquisição, entre outros, de um sistema de som portátil para as acções da corporação, peças faciais para completar os equipamentos de protecção respiratória (aricas), e um cesto superior para o Veículo Ligeiro de Combate a Incêndio (VLCI). Se o dinheiro chegar será, ainda, adquirido um plasma para a sala do bombeiro.

Eduardo Jaques/Colaborador