Polícia Judiciária (PJ) de Aveiro deteve um homem suspeito de ter ateado um fogo na fábrica de móveis em que trabalha, em Avelãs de Caminho, Anadia, anunciou hoje aquela força policial.

Segundo a PJ, na tarde da passada quinta feira o detido terá deitado fogo a uma pilha de madeiras existente no interior da fábrica, utilizando um pedaço de desperdício que previamente tinha encharcado em diluente.

“O arguido terá agido daquela forma por, alegadamente, se sentir discriminado no trabalho e pretenderia que o fogo ateado se propagasse às instalações de toda a fábrica face à enorme quantidade de material combustível que, naturalmente, ali se encontrava”, adianta a PJ.

O fogo acabou por ser dominado ainda na fase inicial, face à rapidez com que os seus colegas de trabalho acorreram ao local.

O detido vai ser presente a primeiro interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.