A GNR de Anadia, através da patrulha de serviço da Praia de Mira, conseguiu impedir que uma mulher morresse, devido à ingestão de diversos medicamentos.

Segundo fonte policial, o alerta foi dado pelo marido que, ao chegar a casa, encontrou uma carta, onde a mulher se despedia e afirmava que iria cometer suicídio. Na missiva de despedida, a mulher dizia que amava os filhos, mas que iria pôr termo à sua vida.

Perante esta evidência, a GNR foi alertada, procurando, de imediato, obter a localização do telemóvel da alegada suicida. Apesar da informação de localização ter sido fornecida com algumas horas de atraso, a GNR conseguiu encontrar a mulher na Praia de Mira.

A vítima foi transportada para os Hospitais da Universidade de Coimbra.
A mesma fonte lamenta, no entanto, que a informação da localização da mulher tivesse demorado algumas horas a ser entregue. Contudo, ressalva o êxito da operação, uma vez que a mulher foi encontrada ainda com vida.