A Junta de Freguesia de Avelãs de Cima vai receber cinco mil euros de apoio da Câmara Municipal de Anadia para fazer face às despesas com a construção e ampliação do pavilhão de arrumos da Junta de Freguesia, situado no estaleiro desta Junta, nas traseiras do cemitério de S.Pedro.
Embora o autarca Manuel Veiga tenha solicitado ao executivo um apoio de nove mil euros, a verdade é que a Câmara só vai comparticipar a mesma com pouco mais de metade.
Segundo Manuel Veiga este aumento do pavilhão vem colmatar a necessidade que o executivo sente para conseguir parquear as viaturas (carrinha e trator) bem como arrumar o material necessário à atividade diária da Junta de Freguesia, uma vez que a maior parte deste material se encontra ao ar livre, tendo-se verificado ultimamente o furto de vários tipos de material que se encontram no estaleiro.
A obra do pavilhão, com aproximadamente 50m2, que está praticamente concluída, começou em outubro e custou cerca de 9 mil euros ao executivo da Junta de Freguesia.

Autarca sensibilizado com ajuda de populares
No rescaldo do temporal que, no passado dia 19 de janeiro, se abateu sobre a região, Manuel Veiga, autarca de Avelãs de Cima, destaca o trabalho desenvolvido na freguesia por inúmeras pessoas que contribuíram de forma determinante para a rápida reposição da normalidade, sobretudo ao nível do trânsito.
Embora a freguesia tenha sido muito afetada pela queda de milhares de árvores, o trabalho conjunto do executivo e funcionários da Junta de Freguesia, dos seis trabalhadores do Trabalho Comunitário ao serviço da freguesia nos fins de semana, dos membros da Associação Florestal de Avelãs de Cima foi, a seu ver, “importantíssimo na desobstrução e limpeza de caminhos rurais e estradas”, respetivamente na zona das Coutadas – Figueira e Figueira -Mata”, mais afetadas.