A Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Cantanhede (AHBVC) tem vindo a registar um crescimento de solicitações das suas ambulâncias de socorro em serviços pré-hospitalares.
Assim, e no âmbito da sua missão de proteção de pessoas e bens designadamente o socorro a feridos e doentes, a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Cantanhede reforçou os meios de socorro ao serviço da população do concelho de Cantanhede e do distrito de Coimbra.
A partir do dia 22 de abril, esta Associação Humanitária reforça a resposta dos bombeiros com mais uma ambulância de socorro semi-nova adquirida em França.
Num contexto de dificuldades e incertezas, este investimento suportado por capitais próprios da Associação, tornou-se inadiável face ao aumento do número de ocorrências a nível da emergência na área da saúde ao longo do último semestre. Em 2013, registaram-se cerca de 260 saídas por mês, em termos médios, em que os bombeiros são agentes essenciais do sistema de proteção civil.
Com a ambulância agora adquirida, a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Cantanhede dispõe de 5 ambulâncias de socorro ao serviço da população, sendo uma delas cedida pelo Instituto Nacional de Emergência Medica (INEM).