A FIACOBA – Feira Industrial, Agrícola, Comercial da Bairrada e a Feira do Cavalo da Bairrada, que vai decorrer entre 11 e 20 de julho no Espaço Inovação, em Vila Verde – Oliveira do Bairro, resultado de um investimento de cerca de 250 mil euros, apostam, este ano, em atingir um público mais jovem.
Segundo António Mota, vereador do pelouro responsável pela FIACOBA, “as feiras apresentam uma clara aposta numa programação que espelha as múltiplas experiências que só a região bairradina é capaz de proporcionar, desde a gastronomia à enologia, passando pela música, artesanato e desporto equestre, a que se junta a habitual mostra do tecido empresarial regional”.
O autarca refere que “a Feira apresenta um programa bem aconchegado, com a preocupação que estivessem envolvidas todas as associações de Oliveira do Bairro”. “Se todas as entidades envolvidas tiverem um grande empenho, a certeza da sua participação fará que o evento seja de qualidade e que demonstre de forma global o interesse e as potencialidades de Oliveira do Bairro”.
O responsável pela feira referiu ainda que, em relação ao programa cultural, “houve uma preocupação de dar um timbre diferente. Pretendemos virar a feira para os jovens, para que tenham a oportunidade de assistir a espetáculos que procuram nos outros concelhos”.

Relativamente à Feira do Cavalo, António Mota sublinhou que “vai ser a aposta mais forte de sempre”, destacando a realização de vários concursos nacionais de Saltos, de Modelo e Andamentos e ainda de Atrelagens, que vão decorrer ao longo dos 10 dias da feira, para além de uma Monumental Garraiada, no dia 14, e de uma grandiosa Corrida de Touros, que acontece no dia 20, com os prestigiados cavaleiros Joaquim Bastinhas, Sónia Matias e Brito Paes. Para além de outras atividades equestres, todas as noites haverá ainda desfiles de cavalos, póneis, cavaleiros e atrelagens na manga da feira.

Para além das novas edições da Feira do Cavalo da Bairrada e da Feira Nacional do Pónei, dois eventos de grande prestígio no panorama equestre nacional e que têm atraído a Oliveira do Bairro milhares de aficionados, António Mota deu conta da realização do 5.º Festival do Kiwi e da “À prova 2014 Bairrada – 1ª Mostra de Vinhos”, que reforça a aposta da Câmara Municipal de Oliveira do Bairro na criação de eventos diferenciados e complementares, em parceria com entidades locais e regionais, como são os casos da ACIB, Associação Equestre da Bairrada, CALCOB, Clube Ornitófilo da Beira Litoral, Comissão Vitivinícola da Bairrada, Rota da Bairrada e Kiwicoop.
A versatilidade do programa permite a apresentação de um conjunto de propostas diversificadas e convidativas, a preços bastante acessíveis, para toda a família, para o público que procura conciliar negócios com lazer e para os aficionados da arte equestre. Na área de exposição, será possível conhecer o tecido industrial e comercial não só do concelho de Oliveira do Bairro mas de toda a região da Bairrada, para além do melhor artesanato que se faz na região. No exterior do recinto destacam-se a área de restauração e os palcos, por onde vai passar a animação da feira. Para os mais novos, haverá uma “quinta pedagógica”, local onde poderão fortalecer a sua ligação com as tradições rurais do concelho, através do contacto privilegiado com a natureza e com os animais.
No dia 19 de maio, o Festival é dedicado aos kiwicultores, com um seminário que se realiza no Auditório do Espaço Inovação.

Entradas
O presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Bairro, Mário João Oliveira, referiu ainda que as entradas para o certame variam entre 1 euro e 1,50 euros, com acesso a todas as zonas dos três eventos. Para crianças até 10 anos de idade a entrada na feira mantém-se gratuita. No domingo, dia 21, para a Corrida de Touros, que será realizada em recinto próprio, o preço vai variar entre os 15 e os 20 euros.
O edil sublinhou ainda que as inscrições ainda não estão encerradas, pelo que ainda não é possível quantificar o número de expositores que estarão presentes.


Cartaz

Relativamente à música, o cartaz é verdadeiramente eclético, indo do reggae ao hip hop, passando pela pop/soul e pela música ligeira. Como cabeças de cartaz destacam-se os nomes de Richie Campbell (dia 19), Expensive Soul (18), Áurea (12) e ainda de José Cid (11), cantor que já é praticamente “da casa” e que todos os anos atrai milhares de pessoas ao recinto da feira. A estes prestigiados artistas nacionais, juntam-se outros espetáculos musicais, como a 3.ª edição do espetáculo “Canta-me como foi”, da Escola de Artes da Bairrada, para além de uma noite de fados e das muitas atuações de vários ranchos, grupos de cantares, bandas filarmónicas, etc, oriundos do concelho de Oliveira do Bairro e da região.