Com o objetivo de desenvolver e criar emprego nas zonas rurais, o município de Águeda passou a integrar o projeto europeu PARNET-TIC 2 no âmbito do Programa de Cooperação Territorial SUDOE, que tem a duração de um ano e conta com um orçamento total de 651 mil euros.
Para além de Águeda, este projeto europeu conta com os seguintes parceiros: os espanhóis da Diputación de A Coruña (lidera o projeto), Diputación de Alméria, Diputación de Huesca e da França, a Câmara Agrícola de Lot-et-Garrone.
A primeira reunião da parceria foi realizada em Agen, França.

Projeto PARTNET-TIC 2. A estratégia Europa 2020 salienta a importância da Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) para o crescimento económico e a criação de emprego, quer a nível macroeconómico, quer em setores específicos.
Na União Europeia, as inovações nas TIC criam novos postos de trabalho de alto valor acrescentado e desempenham um papel importante no desenvolvimento regional. É dada especial atenção ao desemprego dos jovens e à promoção da empregabilidade no final de cursos universitários, prestes a entrar no mercado de trabalho ou que desejam iniciar seu próprio negócio.
Nas áreas rurais do sudoeste da Europa, próximo de pequenos núcleos populacionais, encontramos cidades de dimensão média. Estes núcleos são centros de atividade socioeconómica com grandes deficiências nos recursos e infraestruturas. Essas deficiências têm um impacto negativo sobre o desenvolvimento socioeconómico dessas áreas aumentando o seu isolamento geográfico.
Benefícios e oportunidades. As entidades locais envolvidas poderão desenvolver ações coordenadas de criação de empregos dedicados à ecologia. Intercâmbios: o programa terá como objetivo democratizar a utilização das TIC, a fim de incentivar o seu uso como uma ferramenta de procura de emprego e canal de informação para o empreendedorismo, com especial relevância para a área rural e as suas atividades agrícolas e pecuárias.

Transversalidade do projeto com o Mundo Empresarial. As organizações participantes irão atender às necessidades de empresas do meio rural, colocando-as, assim, em sintonia com os cidadãos do território. Além disso, o emprego no setor rural será dinamizado.
O projeto nasceu da necessidade de reduzir a taxa de desemprego que afeta principalmente as cidades em áreas rurais, a fim de colocar as TIC ao serviço da investigação e da criação de emprego.
Graças à cooperação entre as diferentes regiões do sudoeste da Europa, o projeto terá como alvo a criação de empregos sustentáveis, também conhecido como empregos verdes, e melhorar a empregabilidade dos cidadãos das cidades das áreas rurais.
No final do projeto serão realizadas várias ações, incluindo a promoção de Open Data e a criação de uma aplicação móvel com o tema do meio ambiente.
O PARNET-TIC 2 tem como objetivo melhorar a compreensão das necessidades dos cidadãos e dos agentes económicos, o que irá promover o emprego, a criação de iniciativas empresariais locais e dar maior visibilidade às necessidades laborais nas zonas rurais.