Aprovado, por unanimidade, na última reunião do executivo municipal, a assinatura do protocolo de cooperação, entre a câmara e o Núcleo Empresarial de Vagos (NEVA), abre portas, em definitivo, à implementação do polo de Vagos da incubadora de empresas da região de Aveiro.
A referida estrutura ficará localizada no edifício sede do NEVA, na zona industrial de Vagos, e, tanto quanto se sabe, já haverá “pelo menos” uma empresa interessada em aderir ao projeto, gerido pela Universidade de Aveiro e Comunidade Intermunicipal da Região de Aveiro.
Segundo Silvério Regalado, presidente da autarquia vaguense, trata-se de um projeto “interessante” para o concelho, numa altura em que estão a ser criadas condições para a fase de incubação. “Depois só teremos que continuar a criar as condições, para uma fase posterior, quando as empresas quiserem dar os seus próprios passos”, concretizou.
Eduardo Jaques/Colaborador

Leia a notícia completa na edição impressa ou digital do JB de 25 setembro 2014