gazeta_imprensa

Sem a pompa da presença do presidente da República, Aníbal Cavaco Silva, mas com toda a circunstância que uma cerimónia como esta impõe, o Jornal da Bairrada recebeu na quinta-feira, dia 27 de novembro, o Prémio Gazeta 2013 de Imprensa Regional.
A cerimónia, realizada no Salão Nobre do imponente edifício da Caixa Geral de Depósitos (CGD), em Lisboa, foi presidida pelo presidente do Clube de Jornalistas, Mário Zambujal, e por José de Matos, presidente do conselho de administração da CGD (Patrocínio exclusivo deste Prémio).

premio_gazeta
Os prémios foram entregues ainda antes do jantar, tendo cada premiado a oportunidade de deixar umas breves palavras. A diretora do Jornal da Bairrada, Oriana Pataco, agradeceu ao Clube de Jornalistas o facto de destacar a Imprensa Regional, “tantas vezes ofuscada pelos órgãos de comunicação social dos grandes centros”.
Lembrou que o semanário líder na região de Aveiro fará em fevereiro de 2015, 64 anos e dedicou o prémio a todos os que ajudaram a construir este projeto desde a sua fundação, bem como à atual equipa de dez profissionais do JB e a todos os correspondentes e colaboradores locais. “Esta importante rede de mais de 50 colaboradores permite-nos continuar a apostar num jornalismo de proximidade, base onde assenta o sucesso deste projeto”, frisou Oriana Pataco. “O Jornal da Bairrada tem sabido manter as suas raízes e tradições, não deixando de estar atento às mudanças e aos desafios da era moderna”, concluiu a diretora do JB.

Nas mensagens que proferiram, alguns profissionais aproveitaram para deixar alguns “recados”. Depois de Ana Leal (jornalista da TVI) lamentar a ausência do presidente da República, demonstrando alguma falta de respeito pela classe (ausência justificada pela não concilicação de agenda, desde julho), Maria Augusta Casaca (TSF) mostrou-se solidária com os camaradas do Grupo Controlinveste, recentemente alvo de despedimentos coletivos. Já a jovem Catarina Fernandes Martins, Prémio Revelação, deixou um apelo à Comissão da Carteira Profissional, para que reveja o facto dos jornalistas estagiários não poderem assinar as suas peças. “Se o Público não mo tivesse permitido, eu nunca teria ganho este prémio”, desabafou.

Categorias. Os Prémios Gazeta 2013 foram atribuídos nas categorias: Imprensa Regional, Revelação, Multimédia, Televisão, Imprensa, Rádio, Foto-Reportagem e Mérito.
O Júri dos Prémios Gazeta foi composto por Eugénio Alves (CJ), Elizabete Caramelo (docente universitária), Eva Henningsen (Associação de Imprensa Estrangeira em Portugal), Fernando Cascais (docente universitário), Fernanda Bizarro (free-lancer), Fernando Correia (jornalista e docente universitário), Jorge Leitão Ramos (crítico de cinema e televisão) e José Rebelo (docente universitário).
Foram analisados, em maio e junho, mais de uma centena de trabalhos concorrentes.

Premiados 2013
Prémio Gazeta Revelação
Catarina Fernandes Martins, pelo trabalho “Homem que matou um Homem e encontrou Saramago na prisão”, publicado no jornal “Público”.

Prémio Gazeta Multimédia
Trabalho “Filhos do Vento”, de Catarina Gomes, Ricardo Rezende, Manuel Roberto, Dinis Correia e Andreia Espadinha.

Prémio Gazeta de Televisão
Reportagem “Verdade Inconveniente”, de Ana Leal, transmitida pela TVI.

Prémio Gazeta de Imprensa
Paulo Pena, por trabalhos publicados na revista “Visão”.

Prémio Gazeta de Rádio
Maria Augusta Casaca, pelo trabalho “Catarina é o meu nome”, transmitido na TSF, com sonoplastia de João Félix Pereira.

Prémio Gazeta de Foto-Reportagem
José Carlos Carvalho, pelo trabalho “Triscaidecafobia”, publicado no jornal i.

Prémio Gazeta Imprensa Regional
“Jornal da Bairrada”

Prémio Gazeta de Mérito
Helena Marques, jornalista profissional durante cerca de quatro décadas, com uma invulgar carreira, iniciada aos 22 anos, no Diário de Notícias do Funchal, e prosseguida em Lisboa, nomeadamente em A Capital, República, Luta e Diário de Notícias. Pela sua elevada competência e espírito solidário, Helena Marques granjeou o respeito e admiração dos seus pares nas diferentes funções que exerceu, desde simples redatora a diretora-adjunta no DN, jornal onde finalizou a sua carreira.