Quatro meses depois do seu início, o projeto Alameda Viva, de dinamização cultural e comercial da cidade de Oliveira do Bairro, vai evoluir na sua implementação após avaliação realizada em conjunto por comerciantes, Câmara Municipal e Associação Comercial e Industrial da Bairrada (ACIB).
O novo formato aponta para a realização de uma sessão por mês, alargando o espaço da ação a todos os comerciantes que desejem aderir, não se concentrando apenas numa zona da cidade, e aumentando o seu período temporal, iniciando-se na sexta-feira, como era hábito, mas agora estendendo-se até à hora de almoço do dia seguinte – sábado.
A decisão foi tomada numa sessão promovida pela Câmara Municipal de Oliveira do Bairro e ACIB, entidades promotoras, a que compareceram cerca de duas dezenas de comerciantes, realizada no passado dia 13 de janeiro, na Biblioteca Municipal. Na sessão, em que estiveram presentes o vice-presidente da Câmara Municipal, Cristóvão Baptista, e a presidente da ACIB, Emília Abrantes, a avaliação geral dos primeiros quatro meses do projeto, com nove sessões realizadas e cerca de 80 comerciantes locais envolvidos, foi consensual e bastante positiva, havendo a clara perceção de que o Alameda Viva veio impulsionar a economia local, dando a conhecer os serviços e produtos que se podem encontrar no comércio da cidade, atraindo população de todas as idades à rua e proporcionando experiências culturais e de lazer que têm deixado marca em grande parte dos visitantes, residentes e comerciantes da cidade. A opinião mais partilhada por parte dos participantes foi que “o projeto foi uma excelente ideia que, para além ter ajudado a dinamizar a cidade, tem aumentado a faturação do comércio local e tem obrigado os espaços comerciais a repensarem as suas estratégias de captação de clientes”. Os comerciantes reconheceram também a necessidade de continuar com ações semelhantes “que estimulem a criatividade e o negócio e que reforcem a autoestima do comércio local, para bem da cidade e de todos”.

Dinamização. A partir do final deste mês de janeiro, os comerciantes da cidade vão começar a ser informados e contactados com o novo calendário de ações.
O modelo de funcionamento manterá o mesmo conceito: animação de rua desde sexta-feira ao final da manhã, durante a tarde e final de dia e depois sábado durante a manhã. As ações mais relevantes, promovidas pelo comércio aderente em cada sessão, serão divulgadas no material promocional do projeto e a dinamização cultural e organização de pequenos espetáculos, para atrair o público às ruas da cidade, vai continuar a acontecer pontualmente em determinados locais, ao final de sexta-feira. A grande novidade deste novo formato passa pela temática comum definida para cada mês, em redor da qual o comércio e os serviços da cidade se podem mobilizar em ações e propostas para os seus clientes. Em fevereiro a ação vai decorrer nos dias 12 e 13 e terá como temática o amor, a propósito do Dia de S. Valentim, que se celebra no dia 14. Para o mês de março, a temática será “Está aí a Páscoa” (dias 11 e 12), em abril “A primavera anda no ar e nas montras” (8 e 9) e em maio o tema será “Das nossas tradições” (13 e 14).
Alameda Viva é um projeto de dinamização cultural e comercial da responsabilidade da Câmara Municipal de Oliveira do Bairro e da Associação Comercial e Industrial da Bairrada (ACIB), que decorre desde setembro de 2015 e que tem como principais objetivos impulsionar a economia local e “ativar” o centro de Oliveira do Bairro.