No próximo sábado, dia 12 de março, pelas 16h, as obras de requalificação do pavilhão municipal da cidade, vão ser inauguradas.
Com trinta anos de existência, as obras de requalificação ficaram orçadas em cerca de meio milhão de euros e demoraram aproximadamente dois anos a concluir.
Numa época em que as grandes infraestruturas desportivas e culturais eram ainda um sonho para a maioria dos municípios portugueses, a Câmara Municipal de Anadia construía, na sede do concelho, o seu Pavilhão Municipal, que viria a ser inaugurado a 16 de março de 1985, pelo então Secretário de Estado do Desporto, Miranda Calha.
Já nessa altura se trabalhava no sentido de estabelecer em Anadia “um grande polo de desenvolvimento turístico desportivo”, e, a fim de concretizar este desígnio, foram realizadas nessas instalações grandes provas desportivas, com destaque para competições internacionais de basquetebol e de hóquei em patins.
Este pavilhão tornou-se um polo de formação desportiva, enquanto espaço para a realização de treinos das associações do concelho e para as provas em que estas participavam.
Assim, o pavilhão foi palco, durante 30 anos, de uma intensa atividade desportiva, e não só, que conduziu à sua natural degradação e à consequente necessidade de realizar obras de reparação e de beneficiação, destinadas a colmatar os problemas decorrentes desse desgaste, provocado por tantos anos ao serviço da comunidade, mas justificadas também por imperativos de revisão e de atualização de algumas soluções técnicas.
Assim, a autarquia empenhou-se na recuperação desta infraestrutura, que se encontra devolvida à sua antiga glória e capaz de voltar a dar resposta aos objetivos para que foi criada, agora com um contributo mais marcante no âmbito da rede de equipamentos desportivos do concelho, onde pontuam o Centro de Alto Rendimento de Anadia / Velódromo Nacional de Sangalhos e o Complexo Desportivo de Anadia.