cds_troviscal
Mais de duas mil pessoas encheram, no passado sábado, o Largo do Troviscal, para assistir à reentré nacional do CDS/PP. O partido liderado por Assunção Cristas escolheu o concelho de Oliveira do Bairro para o regresso da atividade pós-verão, apontando baterias às autárquicas de 2017. Assunção Cristas aproveitou o momento para anunciar a candidatura à presidência da Câmara Municipal de Lisboa e, em exclusivo para o Jornal da Bairrada, revelou que o concelho de Oliveira do Bairro será uma das fortes apostas do CDS/PP. “Identifiquei como absolutamente prioritário para este ano, focar o partido na preparação das eleições autárquicas. E em Oliveira do Bairro temos uma boa oportunidade para ter um excelente resultado”, afirmou.
Não declarando ainda qual será o cabeça de lista, afiançou que “o importante é termos o melhor candidato para alcançarmos o melhor resultado”. “Tudo faremos para que o CDS recupere a Câmara de Oliveira do Bairro e empenhar-me-ei pessoalmente nesse sentido”, frisou a líder do partido.
“À semelhança do que aconteceu no nosso Conselho Nacional, na Mêda [Guarda], escolhemos agora vir para o distrito de Aveiro, onde temos duas câmaras [Vale de Cambra e Albergaria-a-Velha ]e para Oliveira do Bairro, em particular, para deixar uma mensagem de grande esperança e vontade de ambição”, confirmou Assunção Cristas ao JB. Questionada sobre a recente desfiliação do cabeça de lista das últimas autárquicas, Paulo Caiado, não deixou de lamentar, sem ver porém nesta situação um revés para a estratégia do partido. “Tenho pena que, por vezes, pequenas questões pessoais se sobreponham ao interesse mais geral do partido, mas estou certa de que saberemos fazer as pontes necessárias para que as coisas se componham.” Sobre o trabalho do CDS/PP, na oposição há 11 anos, considerou que tem sido “um trabalho sério, consistente e por isso mesmo, podemos neste momento almejar chegar mais longe”.
A noite no Troviscal começou com a atuação do grupo oliveirense Plano B Orquestra. Só depois das 20h se iniciaram as intervenções, pelo presidente da Juventude Popular, Francisco Santos, porta-voz do partido e deputado eleito por Aveiro, João Almeida, presidente da Distrital de Aveiro, Jorge Pato (na foto), e por último, a líder Assunção Cristas.
Além da grande adesão de simpatizantes do partido e também de moradores da zona, deslocaram-se ao Troviscal mais de 30 autocarros, de norte a sul do país.