Na tarde fria do passado domingo, dia 27, realizou-se, na sede da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Anadia, uma Assembleia Geral Extraordinária, onde foram analisados os seguintes pontos: apresentação, discussão e votação do Plano de Atividades e Orçamento para o ano de 2017; discussão e votação de uma proposta da Direção da Associação no sentido de ser aprovado um voto de agradecimento a todos aqueles que colaboraram com a A.H.B.V. de Anadia e restantes Corpos de Bombeiros durante o incêndio ocorrido na área deste concelho no quentíssimo mês de agosto.
Antes do período da ordem de trabalhos e por sugestão do Presidente da Assembleia Geral, Emanuel Maia, guardou-se um minuto de silêncio em memória do sócio Luís Ventura, recentemente falecido, no qual foi salientado e destacado o seu ilustre trabalho, desempenho e dedicação, em prol da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Anadia.
Para o primeiro ponto em discussão, usou da palavra o Presidente da Direção, Mário Teixeira, que fez uma breve análise sobre a documentação entregue aos sócios no início da reunião, respondendo a qualquer dúvida surgida pelos presentes. Esta documentação também esteve patente, para consulta dos sócios interessados, na Secretaria da Associação, alguns dias antes desta Assembleia. Informou que a candidatura das obras de remodelação e ampliação do Quartel aos Fundos Comunitários – POSEUR, foi aprovada, conforme carta e comunicação da Secretaria de Estado. Uma boa e merecida prenda de Natal dirigida aos nossos Bombeiros em particular e aos anadienses em geral. Ainda neste ponto foi dada a palavra ao Vice-presidente da Direção, José Cruz, que adiantou alguns pormenores sobre as obras de requalificação/ampliação do quartel, fazendo para o efeito uma resenha das reuniões com entidades, dos processos produzidos e diligências efetuadas para o culminar deste processo. Foi excelente. O início das obras está previsto para janeiro de 2017. Segundo as suas palavras, “o sonho agora começa a tornar-se realidade” e muito há ainda por fazer. Quis também elogiar a colaboração da CM Anadia, em especial na pessoa da Presidente Teresa Cardoso, e de todos os funcionários, associados e elementos dos corpos Diretivos da Associação Humanitária dos BVA.

Voto de agradecimento

No que diz respeito ao segundo ponto da ordem de trabalhos, a Direção apresentou uma proposta, no sentido de formular um voto de agradecimento a todos os que colaboraram na ajuda ao combate ao incêndio ocorrido entre 10 e 15 de agosto.
A Direção da AHBVA quis deixar bem vincado em ata, um voto profundamente sentido de agradecimento, por todas as manifestações de solidariedade ativa de que foi alvo, em especial no decurso do combate a este incêndio, “por parte do Corpo Ativo desta Associação, dos diversos Corpos de Bombeiros que estiveram connosco no teatro das referidas operações de combate, dos diversos Agrupamentos de Escuteiros, da Câmara Municipal de Anadia, das Juntas de Freguesia, das diversas empresas e demais entidades, restaurantes, supermercados, e demais pessoas civis que espontaneamente se voluntariaram e disponibilizaram de dia e de noite para organizar com especial cuidado e proficiente eficiência as refeições e a respetiva distribuição pelos Corpos de Bombeiros que abnegadamente se encontravam empenhados no combate ao referido incêndio”.
Nas palavras do Presidente da Assembleia Geral, tratou-se de um movimento ímpar de solidariedade manifestado por particulares, associações e empresas, acompanhado pelo heroísmo e esforço de todos os bombeiros, que trabalharam no teatro das operações. Como não poderia deixar de ser, esta proposta foi aprovada por unanimidade.
A reunião finalizou-se com os votos de um bom Natal em família, a todos os sócios, em virtude das festas que se aproximam.

Paulo Cardoso