Com a saída de Pedro Moniz, a Comissão Administrativa do OBSC não perdeu tempo e escolheu Carmindo Dias, ex-Mourisquense, para treinador, que se faz acompanhar do adjunto Sérgio Lau, que também deixa o clube da Mourisca. O técnico, de 47 anos, que fez praticamente toda a sua carreira como jogador no Águeda e, como treinador, no Mourisquense, assume que é um risco grande, e pretende colocar o OBSC em lugares tranquilos no Campeonato Safina.
Entretanto, a Comissão Administrativa do OBSC agradece a Pedro Moniz toda a sua honestidade e trabalho enquanto treinador do clube.
Pedro Moniz que não este muito tempo no “desemprego”, pois assumiu o Mourisquense até ao final da época. Parece que foi troca por troca, mas não foi.

Águeda também muda

O Recreio Desportivo de Águeda anuncia que chegou a acordo para a saída do treinador João Pedro Mariz do comando técnico da equipa sénior. O treinador disse: “Saio numa altura em que está garantido o 5.º lugar nesta fase, e sinto que não hipotequei o futuro do RDA.”
Este domingo joga-se a última jornada da primeira fase e, como o campeonato depois irá parar duas semanas, a direção do Águeda ainda não escolheu o novo treinador. Frente à Académica/SF será o treinador dos juniores, Carlos Freitas, que orientará a equipa.