Doutorado em teologia pastoral pela Pontifícia Universidade de Salamanca, o padre Georgino Rocha, antigo vigário-geral da diocese de Aveiro, acaba de ser felicitado, pelo Papa Francisco, pela publicação da sua última obra “Rostos de Misericórdia: estilos de vida a irradiar”.
Endereçada ao autor, a carta, assinada por Monsenhor Paolo Borgia, assessor de sua santidade, confirma que o livro foi recebido como prenda de aniversário, e refere a “carinhosa dedicatória” daquele sacerdote, a par de tantas “outras provas de apreço, agradecimento e adesão aos desafios e apelos do Evangelho de Jesus Cristo que ele não se cansa lembrar”. Uma obra “onde se sente vibrar, de modo particular, o coração do Evangelho como o vê e tem vindo a propor, incansavelmente, à Igreja e ao mundo o nosso querido Papa Francisco”, aponta, por seu turno, o Cardeal Pietro Parolin, Secretário de Estado do Vaticano, que dá também os parabéns a Georgino Rocha.
A obra de caráter teológico, espiritual e pastoral e de pertinente atualidade, como assinala D. António Marto, bispo de Leiria-Fátima, no prefácio, fica como testemunho “em defesa das minorias e das famílias como bastião da vida em sociedade”.

 

Ler mais na edição impressa ou digital