Um homem de 47 anos morreu, na passada segunda-feira, dia 9 de julho, durante a montagem de uma estrutura metálica, numa obra no Camarnal (Oliveira do Bairro). O responsável pela obra é a empresa Misturas Milenares, do Grupo Tavares, contudo estes trabalhos estavam a ser executados por um empreiteiro subcontratado.
À chegada das equipas de socorro, o homem, de 47 anos, ainda se encontrava com vida, todavia não resistiria a uma paragem cardiorrespiratória, tendo o óbito sido declarado no local.
O trabalhador acidentado era colaborador do empreiteiro que realizava o trabalho de instalação da cobertura. Nem a empresa nem o trabalhador são da região da Bairrada.
O alerta para o CDOS de Aveiro foi dado às 17h44, tendo-se deslocado para o local do acidente, nove operacionais e três veículos da corporação de Bombeiros de Oliveira do Bairro, a VMER de Aveiro e a GNR local. A remoção do corpo foi efetuada pelos Bombeiros Velhos de Aveiro, para o Instituto de Medicina Legal de Aveiro.
De acordo com a administração do Grupo Tavares, “este incidente foi prontamente comunicado às respetivas entidades fiscalizadoras”. Nesta altura, “está a decorrer uma fase de averiguação da causa que motivou o incidente, pelo que não é possível adiantar quaisquer factos”, avançam ainda os administradores.
Segundo apurou o JB, o homem estaria no solo, tendo sido atingido pela estrutura metálica. De acordo com o Grupo Tavares, do qual faz parte a Misturas Milenares, dona desta obra, “os trabalhos estavam a decorrer com os necessários procedimentos de segurança e de acordo com o respetivo Plano de Segurança”.

Oriana Pataco