As alterações ao contrato das obras para a reabilitação da antiga Cerâmica Rocha, levadas à última reunião de Câmara, no passado dia 29 de novembro, estão quantificadas num montante de 170 mil euros, o que na prática não deverá ultrapassar os 100 mil euros, existindo trabalhos a menos em outras áreas da obra, explicou o presidente da Câmara, Duarte Novo.
O assunto, que dividiu a maioria e a oposição, acabaria por ser aprovado por maioria, com a abstenção  do vereador do UPOB, Fernando Silva, que se  mostrou contra “qualquer alteração que acarrete consequências financeiras”.

Leia mais sobre o assunto, assim como todas as deliberações da reunião de Câmara, na edição do JB de 6 de dezembro