O Comando Territorial de Coimbra da GNR, através do Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas (NIAVE), procedeu à apreensão de duas armas de fogo em situação ilegal e de diversas munições, no concelho de Cantanhede, no passado dia 13 de maio.

A investigação teve origem numa denúncia por violência doméstica em que a vítima, uma mulher de 58 anos, era supostamente agredida fisicamente e ameaçada de morte pelo ex-marido, um homem de 60 anos, sendo que a violência terá tido inicio a partir do momento em que a mesma tomou a iniciativa de abandonar a residência.

Na sequência da investigação, a GNR deu cumprimento a três mandados de busca, dos quais um à residência do suspeito e outro à sua viatura, tendo sido apreendidas duas caçadeiras, 335 cartuchos de vários calibres, 105 munições e uma caixa contendo cerca de 400 chumbos.

Os factos foram remetidos para o Tribunal Judicial de Cantanhede.