Para dar a conhecer as diversas operações culturais que levam a produzir uvas de qualidade e todo o esforço e empenho que os viticultores realizam anualmente, as Caves Solar de São Domingos (fundadas em 1937) realizaram, no passado dia 5 de maio, uma atividade vitícola na Quinta do Amaro, o seu principal fornecedor de uvas.
Os clientes convidados vieram de várias regiões, desde Lisboa a Guimarães, começaram por assistir a uma pequena palestra/conversa sobre intervenções em verde (desladroamento, despampa e orientação da vegetação) e, de seguida, passaram à prática alguns conhecimentos adquiridos, sempre acompanhados pela equipa técnica das Caves. Para dar mais algum ânimo à atividade prática foi previamente fornecido um reforço energético, chouriço assado em Bagaceira São Domingos acompanhado de broa de milho amarelo e o novo Vinho Tinto São Domingos Bairrada Reserva 2015.
Estômagos reconfortados, foi-lhes entregue uma tesoura para a poda em verde e um chapéu de palha para proteger do dia de sol com que todos foram brindados, e para assim, enfrentarem a manhã com todo o entusiasmo.
Após a aula prática, foi servido um churrasco no local, à sombra de um magnífico pinheiro manso, com mais de 50 anos, acompanhado por vinho Bairrada Branco 2017, Bairrada Tinto Garrafeira 2010, Espumante Blanc de Blancs 2016 e como digestivo a Aguardente Velhíssima São Domingos.

Ler mais na edição impressa ou digital