Uma médica foi agredida na noite desta quinta-feira, dia 23, no serviço de urgência do Hospital de Águeda, avança o Jornal de Notícias.

Segundo apurou aquele diário,  a suposta agressão, pela mãe de um paciente, aconteceu por volta das 23 horas quando a aquela senhora, de 45 anos, atingiu com um murro a médica, com 33 anos de idade.

Tudo terá começado depois da agressora não ficar satisfeita com algumas questões questões levantadas durante a consulta relativamente à doença do filho, conta o JN.

A médica, perante a agressividade verbal da outa mulher, tentou sair do consultório mas acabaria por ser agredida a murro, tendo sida atingida na mão, ficando com uma fratura, ao proteger a cabeça.

A GNR foi chamada ao local e identificou a agressora