Em menino, sonhava ser piloto aviador, mas as voltas da vida tornaram-no um dos mais prestigiados enólogos do país. Há 32 anos a fazer vinhos, Osvaldo Amado lançou recentemente no mercado o espumante Raríssimo Extra Bruto Blanc de Blancs DOC Bairrada de 2006, fruto de um projeto que começou a gizar há alguns anos . Até final deste mês, ainda vão ser lançados mais quatro vinhos que espelham um estilo muito pessoal do conceituado enólogo bairradino. Vinhos de ateliê, em edição limitada, que se diferenciam pela originalidade e raridade.
Em entrevista, Osvaldo Amado fala da marca que acaba de criar, mas também do seu percurso profissional e da sua paixão pela enologia.

 

O Osvaldo Amado já faz vinho há 32 anos. O que o levou a partir nesta aventura, neste projeto seu, designado por Raríssimos? Esta era a cereja que faltava no topo da sua carreira profissional?
Confesso que tudo se proporcionou para isso. Nunca tive necessidade de dizer tenho um vinho próprio. Nunca tive porque sempre senti que todos os vinhos em que participei eram também meus. Este projeto acontece por necessidade do mercado, ou seja, percebi que havia necessidade do mercado voltar a ter produtos clássicos que foram desaparecendo pelos mais variados motivos: vinhos estagiados, vinhos brancos velhos, espumantes com longos anos de maturação em cave. Quis com este projeto voltar a presentear o consumidor com estes produtos. Como tinha este portefólio de produtos que fui acumulando ao longo da minha carreira, resolvi agora partilhá-los com o público.
 
Mas quando é que o projeto começou a tomar uma forma mais concreta, real?
Este projeto começou a tomar forma em 2017, com a consolidação destes produtos. São produtos de ateliê, falamos de vinhos de garagem, vinhos cuja produção de quatro deles está abaixo das 1.500 garrafas e um que irá atingir as 3.500 garrafas. Portanto, produtos muito raros e dos quais tomei consciência que faria todo o sentido partilhá-los com as pessoas que sentem saudades deste tipo de vinhos.
Vinhos com estágio, bastante complexos, vinhos de guarda, com envolvência e completamente originais, que se distinguem e diferenciam de tudo o que existe no mercado.
 
Ler mais na edição impressa ou digital