COVID 19 domina a atualidade e no momento em que Portugal se confronta com a fase de crescimento exponencial da epidemia, o Club de Ancas pôs em marcha na aldeia uma campanha de sensibilização e informação sobre o vírus, com afixação de cartazes para que toda a população, mas sobretudo os idosos, fiquem esclarecidos sobre os cuidados a ter.
Os cartazes, segundo Artur Castro, do Club de Ancas, “têm informação compilada do site da DGS e apelam ao comportamento responsável e de vigilância”.
Afixados nos espaços públicos da aldeia, a impressão dos cartazes contou com a colaboração da Serigrafia BADONI .
Artur Castro avança que o objetivo é “sem pânico, mas conscientes de que o problema da pandemia Covid-19 é de todos e que todos teremos que fazer a parte que compete a cada um, informar os mais idosos que nestes locais mais rurais não têm acesso a ferramentas digitais.”
“A única forma de combater este problema é através de uma ação local, com a alteração do comportamento individual, de cada família, de cada comunidade”, explicou dando nota de que “localmente estamos a tentar informar e sensibilizar, uma vez que sentimos faltar informação em papel na rua, nos cafés, junto sobretudo dos idosos”.
Ao todo foram impressos 50 cartazes que foram colocados em diversos locais públicos usuais, desde paragens de autocarro, cafés, restaurantes e demais espaços de comércio, usuais para editais.
A iniciativa que também está explicada no sítio do Club de Ancas, na internet, foi implementada na última semana.

Ler mais na edição impressa ou digital