Foi guarda-redes e representou os três principais clubes da Bairrada (Anadia, Oliveira do Bairro e Águeda) nos campeonatos nacionais. Passou por outros clubes e colecionou seis subidas de divisão. Arrumadas as luvas, Nuno Lourenço começou por treinar os Benjamins do Águeda e Infantis do Anadia. Foi diretor desportivo no Recreio de Águeda, onde esteve ligado a uma subida e à conquista de três taças de Aveiro. A nível sénior, teve a sua primeira experiência como treinador no Paredes do Bairro.

Em janeiro de 2019 assumiu a União Desportiva de Bustos, não conseguiu a tão desejada subida, e na atual época, que terminou pelas razões já conhecidas em março, concretizou esse objetivo. E se o campeonato não acabasse antes do tempo, acreditava no título de campeão.

Leia a entrevista na edição digital e em papel do JB