Está parada a obra para a criação da rede de percursos pedonais cicláveis em torno da Pateira, nomeadamente nos concelhos de Aveiro e de Oliveira do Bairro (Perrães).

A obra, num investimento total de 433 mil euros mais IVA, deveria avançar em março passado mas as relações entre a Polis Litoral Ria de Aveiro e o empreiteiro “estão difíceis”, estando a gestora da obra a tentar negociar com uma nova empresa para fazer a empreitada, segundo referiu o presidente da Câmara de Oliveira do Bairro, no decorrer da última reunião do executivo, na passada quinta-feira, dia 28.

Duarte Novo respondia ao vereador da oposição António Mota, recordando que “é a Polis que gere a obra e não a autarquia”, mas “temos sido intensos nas reivindicações” e este atraso “nada tem a ver connosco”.

Leia mais sobre o assunto na edição impressa de 4 de junho ou leia já aqui.