Um homem de 55 anos, de Cantanhede, está em prisão preventiva a aguardar julgamento pelo crime de violência doméstica, avançam as autoridades esta quarta-feira.

O homem em causa, detido em flagrante delito pela GNR de Cantanhede, no passado dia 20, foi já presente ao Tribunal Judicial de Coimbra, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação de prisão preventiva. 

Segundo a GNR, tudo aconteceu na sequência de uma denúncia a alertar de que estaria a decorrer uma situação de agressões, em que o suspeito estaria a bater na mãe, de 75 anos, os militares deslocaram-se  ao local, tendo constatado que a vítima apresentava ferimentos acabados de infligir na boca e no peito.

“A vítima confirmou que tinha sido o seu filho que a tinha agredido, tendo o suspeito inclusive ameaçado a vítima na presença dos militares da Guarda”, refere a GNR.