Os Municípios de Águeda, Aveiro e Oliveira do Bairro vão estar juntos no combate aos jacintos-de-água da Pateira. Para este objetivo, acaba de ser aprovada uma candidatura da Agência Portuguesa do Ambiente (APA) no valor de 70 mil euros, comparticipados em 85 por cento, soube o JB junto de fonte próxima do processo.


Entretanto, já na passada quinta-feira, dia 16, o presidente da Câmara de Águeda, Jorge Almeida, congratulava-se pelo desfecho positivo desta candidatura.
“Finalmente vamos ter toda a gente a trabalhar neste objetivo e não apenas o concelho de Águeda”, referiu Jorge Almeida, à margem da cerimónia de entrega à população de um projeto do Orçamento Participativo, em Óis da Ribeira.


Com a aprovação desta candidatura, o autarca acredita que agora “haverá uma intervenção mais sistematizada no combate a esta espécie invasora ao envolver as Câmaras e Juntas dos concelhos vizinhos nesta luta”.
O montante agora aprovado – como explicou Jorge Almeida – permitirá ter em ação a ceifeira do Município de Águeda e outras ações de erradicação dos jacintos a partir das margens, da responsabilidade das Juntas ribeirinhas dos três concelhos.


Este projeto, como outros semelhantes no país, terão o envolvimento da Agência Portuguesa do Ambiente (APA) e do Instituto da Conservação da Natureza das Florestas (ICNF), esperando-se, assim, a melhoria do estado das massas de água”.
Para além da Pateira, na região estão previstas intervenções de limpeza e remoção a financiar no âmbito do Fundo Ambiental, também para a Barrinha de Mira.