A Quinta da Laboeira (Montelongo da Areia, Oliveira do Bairro) apresentou três novos vinhos, um dos quais o primeiro vinho branco Bairrada feito exclusivamente de casta Baga. Este vinho tranquilo, da colheita 2019, é, para o presidente da Comissão Vitivinícola da Bairrada (CVB), uma novidade. “Que eu tenha conhecimento, é o primeiro Branco 100% Baga”, garantiu José Pedro Soares, que o considerou “um vinho interessante, com uma acidez muito característica da Baga e muita untuosidade”.

O presidente da CVB manifestou ao JB que esta pode ser uma solução para, “mais do que vender muitas garrafas, ajudar a promover a ideia de que a Baga é muito plástica e serve para fazer, desde vinhos base espumante, vinhos brancos, vinhos rosados e excelentes vinhos tintos”. Quanto ao Quinta da Laboeira Baga Bairrada Branco, do qual foram feitas apenas 1900 garrafas, “é uma novidade e uma excelente oportunidade para dar a conhecer a Baga num vinho branco, antes de espumantizado. Até agora, só conhecia alguns vinhos brancos Baga-Chardonay, Baga-Sauvignon Blanc, Baga-Bical, portanto julgo que este vinho branco é o primeiro no mercado só de Baga.” Um vinho com “ótima acidez” e que harmoniza bem com a gastronomia da região, principalmente nos concelhos junto à Ria de Aveiro, sendo “uma excelente escolha para esta altura do ano”.

A apresentação dos novos vinhos Laboeira foi realizada na sede da Quinta, em Montelongo da Areia, ao fim da tarde da penúltima quarta-feira, dia 15. Para além deste Baga Bairrada Branco, Alberto da Silva Marques apresentou na sua adega, a um leque restrito de convidados, mais dois vinhos: o Cabernet Sauvignon Tinto 2018 e o Excellence Tinto 2018, que acompanhou o Leitão da Bairrada assado pelo produtor.

Entre os convidados, para além de José Pedro Soares, estiveram o presidente e o vice-presidente da Câmara, Duarte Novo e Jorge Pato, e o presidente da Associação Rota da Bairrada, Jorge Sampaio.

Leia mais na edição de 23 de julho de 2020 do JB