Assinar
Anadia // Bairrada // Economia // Negócios & Empresas // Sangalhos // Vinho  

Faleceu o produtor de vinhos e empresário Sidónio de Sousa

Esteve também ligado ao desporto bairradino e foi vereador do PSD na Câmara Municipal de Anadia.

Faleceu ontem, dia 14 de abril, aos 90 anos, Sidónio de Sousa, produtor de vinhos e empresário do ramo automóvel, tendo estado também ligado ao desporto bairradino. O seu funeral realiza-se hoje, dia 15 de abril, para o cemitério de Sangalhos.

A família de Sidónio de Sousa, natural de Sangalhos, Anadia, está há várias gerações ligada à produção de vinho, mas o produtor só começou a engarrafar em nome próprio na década de 90. Apaixonado pelos bons vinhos da Bairrada, juntamente com a esposa Dulcínea dos Santos Ferreira, dedicou-se à produção de alguns dos grandes néctares bairradinos, sendo um dos mais acarinhados produtores da região. Proprietário de algumas vinhas com melhor localização na Bairrada, o seu vinho – produzido em pequenas quantidades e de forma tradicional – tem recebido os mais rasgados elogios. “Sidónio de Sousa” integra o grupo dos “Baga Friends” pela mão do filho Paulo Sousa, que seguiu as pisadas do pai nesta arte.

Já com o amigo, António Cardoso, de Ancas, criou, na década de 60, a Iberocar Rent a Car, empresa especializada em aluguer de automóveis, com sede em Sangalhos e onde permanece, hoje, o filho Carlos Sousa.

Sidónio Sousa deixa ainda a sua marca no desporto bairradino. Apaixonado pelo ciclismo, teve ligações à Federação Portuguesa de Ciclismo. Efetuou dezenas de prémios de ciclismo na Associação de Ciclismo da Beira Litoral como comissário presidente, destacando-se ainda a sua participação, pelo menos em duas Voltas a Portugal, onde assumiu o cargo de comissário presidente.

Foi jogador de basquetebol do Sangalhos Desporto Clube e integrou a comissão que ajudou a erguer o pavilhão do clube sangalhense. 

Na vida cívica e partidária, como militante social-democrata, exerceu funções de vereador na Câmara Municipal de Anadia, na década de 80.