Recortes.pt Leia no Recortes.pt

Tag Archive | "ambiente"

Sangalhos: Ministro do Ambiente preside à inauguração da ETAR de Sangalhos


 

Jorge Moreira da Silva, ministro do Ambiente, Ordenamento do Território e Energia, preside, no próximo dia 21 (terça-feira) à inauguração da obra de requalificação e ampliação da ETAR de Sangalhos, projeto financiado através do Fundo de Coesão.

A obra, da responsabilidade do município de Anadia, custou mais de 2 milhões e meio de euros. Juntamente com as ETAR’s de Amoreira da Gândara e de Couvelha são as três principais infraestruturas de tratamento do concelho. A de Sangalhos é aquela que vai tratar o maior volume de caudal de águas residuais do concelho.

O ministro do Ambiente, Ordenamento do Território e Energia, descola-se a Anadia, no âmbito de uma um encontro nacional de esclarecimentos sobre o encerramento do POVT (Programa Operacional Temático Valorização do Território 2007-2013), evento anual de apresentação de resultados que se realiza este ano, entre as 9h30 e as 17h30, no Centro de Alto Rendimento – Velódromo Nacional em Sangalhos.

Esta sessão de esclarecimentos sobre o Encerramento do Programa vai contar ainda com a presença de Helena Azevedo, gestora do POVT que fará, juntamente com a presidente da Câmara Municipal da Anadia, a abertura da sessão. O encerramento será feito pelo ministro do Ambiente, Ordenamento do Território e Energia, Jorge Moreira da Silva, que falará sobre oportunidades de financiamento para o Crescimento Verde 2014-2020 através do PO SEUR. Segue-se a inauguração da ETAR de Sangalhos.

PROGRAMA

Dia 21

9h30- Receção dos participantes

10h – Mensagem de Boas Vindas com Teresa Cardoso, Presidente da Câmara Municipal de Anadia Helena Pinheiro de Azevedo, Gestora do Programa Operacional Valorização do Território

1.º Painel – Sessão de Esclarecimentos sobre Encerramento do POVT

10h10 – Aspetos críticos no encerramento dos Programas Operacionais no QREN, com Dina Ferreira, Vogal do Conselho Diretivo da AD&C

10h40 – Ponto de situação do POVT e fatores de sucesso no encerramento do POVT, com Helena Pinheiro de Azevedo, Gestora do Programa Operacional Valorização do Território

12h – Debate com executores sobre regras de encerramento de projetos POVT

12h30 – Encerramento com Sucesso do POVT (Paulo Lemos, Secretário de Estado do Ambiente)

13h – Almoço

2.º Painel – Apresentação de Resultados do POVT

14h30 – O POVT no Concelho da Anadia – Resultados, com Teresa Cardoso, Presidente da Câmara Municipal da Anadia

15h20 – Apresentação do Documentário “Conta-me uma História de Sucesso – Velódromo” (Rui Oliveira e Ivo Oliveira, atletas e Helena Pinheiro de Azevedo, Gestora do POVT

3.º Painel – O Velódromo da Anadia – Perspetivas e Sucessos

16h -Debate “O Velódromo Nacional – Perspetivas e Sucessos”, moderador – Jornalista do Porto Canal

Perspetiva Empresarial – Unidade Hoteleira

Perspetiva Gestão – Presidente do Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ) e Jorge Sampaio, Vice-presidente da Câmara Municipal da Anadia

Perspetiva de Valorização Territorial – CEDRU

Sucesso Internacional – Representante QATAR e Selecionadores Nacionais de Ginástica do Brasil e do Chile

Sucesso Desportivo – Federação Portuguesa de Ciclismo

4.º Painel – O Futuro dos Fundos Estruturais no Portugal 2020

17h – O PO SEUR – Oportunidades de financiamento para o Crescimento Verde, com  Jorge Moreira da Silva, Ministro Ambiente, Ordenamento do Território e Energia

5.º Painel – Inauguração ETAR Sangalhos

17h30 – Inauguração da ETAR de Sangalhos, projeto financiado pelo Fundo de Coesão através do POVT

Encerramento

17h30 – Apresentação de Modalidades Desportivas praticadas no Velódromo – Ciclismo, Esgrima, Ginástica e Judo) a cargo das Federações Nacionais. Segue-se um espumante de honra oferecido pela Câmara Municipal da Anadia.

 

Catarina Cerca

Posted in Anadia, Destaque, Por Terras da Bairrada, SangalhosComments (0)

Anadia: Autarquia sensibiliza crianças para questões ambientais


A Câmara Municipal de Anadia está a promover, junto das crianças que frequentam os jardins de infância e o 1.º Ciclo do Ensino Básico (1.º CEB) da rede pública do concelho, o Programa Municipal de Educação Ambiental, que procura alertar para as grandes questões e desafios em matéria de ambiente.
Nesta segunda edição do programa, e com o intuito de chegar a um maior número de alunos, estão a ser analisados os temas “Resíduos” e/ou “Água” nas turmas do 1.ºCEB, enquanto o pré-escolar aborda apenas o primeiro destes temas. Com recurso a materiais pedagógicos diversificados, os alunos são incentivados a debater os assuntos propostos, participando, no final, numa atividade lúdica de consolidação de conhecimentos.
Os estabelecimentos de ensino podem acolher até um máximo de duas atividades, mediante inscrição. As ações são dinamizadas até meados de abril, abrangendo um total de 11 jardins de infância e de 33 turmas de 11 escolas do 1.º CEB.
Este programa pretende fomentar nas crianças o interesse pelas questões ambientais, tendo em consideração o seu papel promotor de comportamentos de defesa do meio ambiente junto da comunidade.

Posted in Anadia, Por Terras da BairradaComments (0)

Requalificação da Pateira de Fermentelos em consulta pública


A Agência Portuguesa do Ambiente anunciou que está em consulta pública o Estudo de Impacte Ambiental do projeto de Requalificação da Pateira de Fermentelos, que tem como proponente a Sociedade Polis Litoral Ria de Aveiro. Não significa, contudo, que a obra possa arrancar de seguida.
O Projeto de Requalificação e Valorização da Pateira de Fermentelos visa “a melhoria do estado ambiental dessa zona de elevado valor ecológico e a promoção da sua vivência pela população”.
Contempla a realização de ações de desassoreamento da Pateira de Fermentelos, com vista à limpeza dos fundos e à criação de um espelho de água, que permita a utilização por pequenas embarcações desportivas e de lazer, sem motor.
Os materiais dragados serão depositados nos terrenos agrícolas das margens subindo a cota, para diminuir o risco de cheias e inundações.
Outra das intervenções previstas é a reconstrução do açude do rio Águeda, com o objetivo de melhorar as captações de água para rega tradicional e manter o nível da água em época de estiagem na Pateira de Fermentelos.
Leia mais na versão digital do seu JB.

Posted in Águeda, Por Terras da BairradaComments (0)

GNR encerra operador de resíduos em Vila Verde


O Núcleo de Proteção Ambiental (NPA) do Destacamento Territorial da GNR de Anadia, reforçado pelo Posto Territorial da GNR de Sangalhos, no âmbito de uma Operação Inopinada de fiscalização de operadores de gestão de resíduos, procedeu ao encerramento das instalações de um operador de gestão de resíduos, em Vila Verde, Oliveira do Bairro.
O encerramento das instalações ficou a dever-se à falta de licenciamento, ao abrigo do art.º 8º da Lei nº 54/2012, de 6 de setembro.
Da ação resultou ainda a elaboração de um auto de notícia por contraordenação, enviado à CCDR Centro.

Posted in Oliveira do Bairro, Por Terras da BairradaComments (0)

Mau aspeto junto ao Centro Escolar de Arcos


O depósito de terras e areias e a falta de arranjos exteriores junto ao Centro Escolar de Arcos estiveram em cima da mesa, na última reunião de câmara.
O deputado José Manuel Ribeiro, do PSD, questionou a edil Teresa Cardoso relativamente ao depósito de terras e areias, localizado paredes meias com este edifício escolar: “dá um aspeto geral nada positivo, muito feio, quase uma imagem terceiro mundista.”
Um depósito enorme que, segundo sublinhou, liberta poeiras que inevitavelmente acabam por entrar no Centro Escolar, o que é mau, sobretudo para crianças mais sensíveis e suscetíveis a alergias.
“Depois, uns metros mais abaixo, vê-se a degradação dos depósitos de água e a zona envolvente num matagal.” O deputado elencou ainda outros problemas: a via de acesso entre o Centro Escolar e o Centro Social de Anadia ainda inacabada, com uma simulação de rotunda, com marcos em plástico e passeios cheios de erva; a via na parte traseira do Centro Escolar ainda em terra, não esquecendo a densa vegetação, a que se junta sardões, cobras e ratos que ameaçam entrar naquele equipamento escolar.
A edil Teresa Cardoso reconheceu que o espaço terá de ser alvo de uma beneficiação de fundo. “Há uma série de obras e requalificações a fazer nos espaços envolventes de forma faseada, mas que serão realizadas atendendo a uma planificação de trabalhos e de disponibilização orçamental”. Obras que carecem de apoios comunitários, mas sabendo-se que o próximo quadro comunitário de apoio não contempla esta área, “teremos de procurar o melhor enquadramento para obter esses fundos”, explicou.
CC

Posted in Anadia, Por Terras da BairradaComments (0)

Maus cheiros no Luso: Presidente da Câmara e deputado do PSD recebidos por Secretário de Estado do Ambiente


O presidente da Câmara Municipal da Mealhada, Rui Marqueiro, e o deputado do PSD Bruno Coimbra vão ser recebidos pelo Secretário de Estado do Ambiente esta semana.

O deputado Bruno Coimbra solicitou uma reunião com caráter de urgência ao Secretário de Estado do Ambiente, “no sentido de alertar os responsáveis governamentais para o impacto tremendamente nocivo do funcionamento da unidade industrial ‘Alcides Branco’, na Lameira de Santa Eufémia.”

“A saúde e a qualidade de vida dos cidadãos e o potencial turístico da região não podem ser secundarizados em favorecimento de uma pequena indústria que de forma sistemática falha no cumprimento da lei”, afirmou o deputado lusense, que tem já um histórico de atividade parlamentar nesta matéria, com iniciativas que remontam a 2011.

“Acompanho esta questão há já muito tempo. A situação tornou-se insustentável e a população sofre e contesta diariamente. Há um grande empenho do presidente da Câmara Municipal nesta questão e estamos perfeitamente articulados. Iremos juntos ao Ministério e tudo faremos no sentido de garantir a resolução definitiva deste problema”, afirmou ainda Bruno Coimbra, acrescentando que “esta unidade industrial só pode laborar se cumprir escrupulosamente a lei e se o seu impacto nas povoações vizinhas for muito reduzido. O que se tem passado até aqui é exatamente o contrário.”

A reunião terá lugar ainda esta semana, no Ministério do Ambiente.

Posted in Destaque, Mealhada, Por Terras da BairradaComments (0)

Anadia: Maioria dos lares já faz separação dos resíduos de embalagens


A Missão Reciclar, a maior ação de sensibilização de lares da Sociedade Ponto Verde, percorreu o município de Anadia, onde foi conhecer os hábitos dos seus habitantes no que diz respeito à reciclagem de embalagens. De acordo com os resultados obtidos através de questionário realizado a 556 lares, 74% dos inquiridos faz a reciclagem de embalagens usadas.
Durante a ação foram entregues, a quem não tinha o hábito de separação e também a quem já separava, mas não tinha um ecoponto doméstico, 531 conjuntos de ecobags, constituídos por três sacos das cores dos ecopontos para separação seletiva de embalagens.
Quando questionados sobre a razão para a não separação doméstica do lixo produzido, os 26% de não separadores apontaram a falta de recipientes próprios para o efeito (24,1%), a noção do excessivo trabalho pessoal/familiar implicado (28,3%) e a distância ao ecoponto (31%). Leia mais na versão digital do seu JB.

Posted in Anadia, Por Terras da BairradaComments (0)

Vagos: Município adere à “Hora do Planeta 2014”


No próximo sábado, dia 29 de março, todas as luzes do edifício dos Paços do Concelho e seu exterior serão desligadas por 60 minutos, entre as 20h30 e 21h30, numa associação à iniciativa mundial “Hora do Planeta”.
Esta iniciativa, que parte da organização global de conservação de natureza WWF – Hora do Planeta, pretende estimular indivíduos, empresas e comunidades a tomarem medidas para reduzir as suas emissões de carbono numa base contínua e diária. Indivíduos, empresas, governos e comunidades de todo o mundo são convidados a desligar as suas luzes, por uma hora, no sábado, precisamente às 20h30, para mostrar o seu apoio à ação ambientalmente sustentável.
Ainda no âmbito “Para além da Hora” e “Eu faço se tu fizeres”, associados à campanha Hora do Planeta, o município de Vagos comprometeu-se, para 2014, efetuar cortes na Iluminação Pública em locais com excesso de iluminação e regular os horários de Iluminação Pública para um melhor ajuste às necessidades reais.
Este é o oitavo ano que o mundo fica às escuras em sinal de apoio a uma iniciativa que começou em Sydney, em 2007, e que é hoje o maior evento mundial de ação ambiental. Em 2013, a Hora do Planeta celebrou-se em 154 países e territórios em todos os continentes, incluindo a participação de alguns dos monumentos mais reconhecidos no mundo.
A Câmara Municipal convida a todos a desligar as luzes pela “Hora do Planeta”, durante as 20h30 e 21h30 mostrando, assim, o seu apoio e compromisso com esta causa.
O video oficial da Hora do Planeta pode ser visto aqui: http://www.youtube.com/earthhour

Posted in Por Terras da Bairrada, Região, VagosComments (0)

Anadia: Casa do Ambiente alerta para necessidade de reciclar


Anadia recebe, mais uma vez, a Casa do Ambiente, espaço que poderá ser visitado até amanhã, dia 28 de março, junto à Biblioteca Municipal de Anadia, numa iniciativa que resulta da colaboração entre a Câmara Municipal e a ERSUC – Resíduos Sólidos do Centro, SA.
Trata-se de uma estrutura móvel onde são promovidas diversas iniciativas sobre o circuito dos resíduos urbanos recicláveis e as formas como se procede à sua separação e colocação em Ecopontos. Este projeto visa alertar a população, em geral, e os mais jovens, em particular, para a necessidade de diminuir a produção de resíduos sólidos urbanos. Pretende ainda sensibilizar para a reutilização dos materiais e para a separação dos resíduos, promovendo assim a reciclagem. Segundo a ERSUC, “desta forma procura-se contribuir para a defesa do ambiente, aumento da qualidade de vida, diminuindo substancialmente o confinamento ou destruição irreversível dos resíduos sólidos urbanos”.
A Casa do Ambiente dispõe de um mini auditório com capacidade para 20 pessoas, onde é visionado um filme que descreve a actividade da ERSUC, assim como o processo de reciclagem de algumas embalagens.
As visitas podem ser efetuadas entre as 9h30 e as 17h30.

Posted in Por Terras da BairradaComments (0)

Amoreira da Gândara: ETAR vai servir duas freguesias e custa mais de um milhão de euros


Deverá estar concluída dentro de oito meses, custa mais de um milhão e 300 mil euros e vai servir um universo de 5.500 habitantes. Referimo-nos à última grande obra – ETAR de Amoreira da Gândara – realizada no âmbito de um investimento superior a 11 milhões de euros, realizado pela Câmara Municipal de Anadia em saneamento básico, comparticipado pelo POVT-GREN.
A assinatura do auto de consignação desta empreitada teve lugar no passado dia 13 de maio, na Câmara Municipal de Anadia.
Reconhecendo que, em termos de despesa global, este significativo investimento ficou abaixo do valor da candidatura, Litério Marques avança que “está a ser preparada uma reprogramação” para ver o que Anadia poderá beneficiar ainda em termos desta comparticipação.
A ETAR de Amoreira da Gândara vai servir as povoações da freguesia de Vilarinho do Bairro e de Amoreira de Gândara, num total de 5.500 habitantes, e tem um horizonte temporal de 20 anos.
Esta ETAR, a par com a que está em remodelação e ampliação em Sangalhos (junto ao rio Cértima) vai dotar o concelho de uma taxa de cobertura de saneamento superior a 95%.
Caraterística das obra. Segundo revelou o engenheiro João Pedro Santiago, da Câmara Municipal de Anadia, a instalação proporcionará o tratamento secundário do afluente doméstico, através de um sistema de lamas ativadas, operado em regime de arejamento prolongado.
No que se refere à fase líquida, o esquema de tratamento tem início com uma etapa de tratamento preliminar, que visa a remoção de areias, óleos e gorduras. Já o tratamento biológico, será realizado em dois tanques de arejamento. Parte do efluente tratado será bombeado para um sistema de produção de água de serviço, constituído por equipamentos compactos de filtração e desinfeção. A fase sólida do esquema de tratamento proposto, é composta pelo espessamento gravítico de lamas em excesso e pela desidratação das lamas espessadas, através de um sistema de desidratação mecânico. O efluente resultante do tratamento será descarregado no Rio Levira.

Empresa vencedora do concurso é de Ourém. A Tecnorém – Engenharia e Construções, SA venceu o concurso público e terá agora oito meses para realizar a obra.
Na ocasião, Litério Marques sublinhou que os prazos são para cumprir, tal como o caderno de encargos.
A esta empresa, que pela primeira vez executa um trabalho para a Câmara de Anadia, o edil deixou a indicação que pode estar descansada já que a Câmara Municipal tem boa saúde financeira, pelo que o pagamento será feito atempadamente, segundo o caderno de encargos e os autos de medição.
Por seu turno, Carlos Alberto Batista, responsável máximo da Tecnorém, avançou que o grupo, com 25 anos de existência, integra um conjunto de empresas cuja atividade está centrada na construção de obras públicas (indústria da construção civil, engenharia e arquitetura).
Embora tenha a sua atividade centrada na zona centro/sul do país, está a fazer uma aposta para norte de Coimbra, tendo sido “uma agradável surpresa encontrar municípios com dinâmica empresarial”, como é o caso de Anadia: “temos as melhores referências: de que é uma Câmara organizada, com obra feita, muito trabalho e cumpridora, mas também estável financeiramente, assim como bastante exigente”.

Catarina Cerca

Posted in Anadia, Por Terras da BairradaComments (0)

SFImobiliaria

Pergunta da semana

Portugueses praticam cada vez mais exercício ao ar livre. É o seu caso?

View Results

Loading ... Loading ...
Newsletter Powered By : XYZScripts.com