Cantanhede

Cantanhede

Agenda Cultural

Recheada de programas das mais variadas actividades culturais, recreativas e desportivas, a Câmara Municipal de Cantanhede editou mais uma Agenda Cultural – repositório de empreendimentos que todos os meses são dados a conhecer aos munícipes.
Esta edição do mês decorrente anotamos algumas dessas acções entre variadíssimas. Na Biblioteca Municipal nas rubricas: hora de canto, filmes/música e visitas guiadas bem como exposições de pintura, escultura, azulejo e cerâmica. No Museu da Pedra de Cantanhede, Exposição do Património Imóvel de Ançã e Pocariça, enquanto no Posto de Turismo da Cidade, uma Exposição de Pintura. No pavilhão da Sociedade Columbófila de Cantanhede, organizado pela edilidade local, o folclore é tema com a presença do Rancho Típico da A. Académica de Coimbra. Secção de Fados do Grupo Típico de Ançã – no lugar da Caniceira -Tocha. IV Ciclo de Teatro de Cantanhede pelo Grupo Recreativo de Cadima na localidade da Pocariça.
Comemorações do 25 de Abril, na sede concelhia, de 24 a 28 de Abril, enquadrando-se: Alvorada às 8h; desfile com a presença do Rancho de Covões; hastear de bandeira no Município com a presença da fanfarra dos Bombeiros locais. Largada de Pombos pela S. Columbófila Cantanhede, além de outras actividades diversas em outras terras do concelho.

Licínio Alves

(18 Abr / 16:22)

Cantanhede

Câmara de Cantanhede

Subsídios – Entrega da primeira tranche

A Câmara Municipal de Cantanhede já fez a entrega da 1ª tranche dos subsídios destinados a grupos e associações desportivas relativamente ao ano de 2002.
Este tipo de apoio pecuniário destina-se a financiar actividades das colectividades concelhias no âmbito desportivo.
Refira-se que, conforme o regulamento em vigor, os 42,5% da verba global foram distribuídos em função do número de atletas federados em formação ou competição: 45% beneficia as colectividades que têm representatividade concelhia, enquanto participam em provas oficiais. Por outro lado, os restantes 12,5% dizem respeito ao número de atletas em prática, desportiva/lazer, isto é os que desenvolvem uma prática desportiva regular.
Foram estas as associações desportivas contempladas (1ª tranche):
Clube de Futebol “Os Marialvas”, 5.629,04 euros; União Recreativa de Cadima, 3.336,09; União Desportiva da Tocha, 3.220,72; Clube Escola de Ténis de Cantanhede, 2.569,81; Ançã Futebol Clube, 2.160,46; Sociedade Columbófila Cantanhedense, 2.401,37; ARCUMA – Assoc. Recreativa e Cultural da Malhada, 1.993,78; Grupo Desportivo de Sepins, 1.474,47; PRODECO – Progresso e Desenvolvimento de Covões, 1.431,90; Febres Sport Club, 1.417,75; Associação Desportiva de Botafogo de Cordinhã, 1399,40; Académico Desportivo da Pocariça, 962,36; Centro de Cultura e Recreio de S. Caetano, 823,76; UCDAS – União Cultural Desportiva A. Social, 708,88; Centro Desportivo e Cultural de Murtede, 708,88; Associação Cultural e Recreativa de Enxofães, 685,99; Associação Recreativo – Cultural de Varziela, 690,52; ARCO – Associação Recretiva e Cultural de Ourentela, 489,55; Associação Recretiva e Cultural 1º de Maio – Tocha, 445,37.
Acrescente-se que, os valores inferiores a 500 euros foram já disponibilizados às associações na sua totalidade e, como tal, estão dispensadas da assinatura do respectivo contrato de programa.

(18 Abr / 9:15)

Cantanhede

Cantanhede

OPEN cantanhede mais forte

Armor Pires Mota

Depois de realizadas as provas de qualificação, nos dias 13 e 14, vão ter lugar, nos dias 18 e 19, os quadros principais, em pares masculinos e femininos, cujas cabeças de série, e de cartaz, serão, respectivamente, Tiago Vinhas de Sousa, o nº 2 do ranking nacional, e Patrícia Ribeiro, nº 3 no escalão. No entanto, o total de participantes atingirá 68, o que fará com que, aliado à performance dos atletas, segundo Arnaldo Carvalho, este torneio seja “este ano, muito mais forte do que no ano passado”

TORNEIO QUE VEIO PARA FICAR

A prova, que foi apresentada, na última na última quinta-feira, dia 11, na Adega Cooperativa de Cantanhede, está integrada no Grande Prémio TMN, tem um prize money de 3500 euros e terá como director Arnaldo Carvalho, presidente do Clube de Ténis de Cantanhede,( CETC) que é o clube organizador. Evento que tem o apoio oficial da Câmara e da Adega de Cantanhede, além de outros apoios, que permitem fazer um belo bolo, para fazer face às despesas que rondam os 13.966,34 Euros (2.800 contos), como Banco Espírito Santo, TMN, Águas do Luso, Império Seguros, Ramos Catarino, Diogo & Mesquita e Gráfica cantanhedense.
Estiveram presentes: Arnaldo Carvalho, o atleta, Tiago Vinhas Sousa, Dino Almeida, presidente da Associação de Ténis de Coimbra, Jorge Manuel Catarino, presidente da câmara, Maia Gomes, vereador do pelouro da cultura, José da Silva, dirigente da adega, e José Alcides de Oliveira, presidente da Assembleia Geral do CETC.
Arnaldo Carvalho traçou as perspectivas deste torneio, afirmando que “a experiência do ano passado foi bastante positiva”, concluindo, por isso, que “quando são positivas, vale sempre a pena melhorar cada vez mais”. Será o caso do presente torneio que vai ter “uma maior visibilidade pública”. Abordou ainda a importância do CETC no concelho que, graças a um trabalho de desenvolvimento da modalidade, tem hoje cerca de 600 praticantes, com especial incidência nas escolas do 1º. ciclo, onde vão os professores, sem que isso signifique qualquer despesa, tanto por parte das escolas, como dos alunos, pois que, se era considerado um desporto elitista, começa a sê-lo cada vez menos. Muito graças aos apoios concedidos pela edilidade à prática do desporto nas escolas. Além disso, o CETC é já hoje alfobre de jovens campeões, o que constitui “um prémio para o trabalho que tem sido feito”.
O dirigente do CETC aproveitou também para anunciar o lançamento do primeiro clube nacional smach, destinado aos mais pequenos.

“CRÍTICAS MUITO POSITIVAS”

Intervieram durante a sessão de apresentação o atleta , Tiago Vinhas de Sousa que elogiou a iniciativa, dizendo mesmo que “faltam mais clubes assim para o desenvolvimento do ténis”, congratulando-se pela fundação do primeiro clube smash.
Quanto à sua presença no torneio, justificou-a, dizendo que “as críticas foram muito positivas” relativamente ao torneio do ano passado, o que o motivou a participar.
Por sua vez, Jorge Manuel Catarino congratulou-se com o desenvolvimento da modalidade no concelho, dando-se por satisfeito pelo facto de ter ajudado a construir estruturas para que esta se emancipase do Marialvas, onde, antes, estava integrado. “Em boa hora, protocolámos e estabelecemos responsaabilidades e não estamos arrependidos”, afirmou o edil cantanhedense, na medida em que concorre muito, tal qual o ciclismo, para a divulgação do concelho e, “quando assim é, é para continuar”.
Referindo-se ao desempenho do CETC, confessou que “veio para ficar”, aproveitando ainda para afirmar que o ténis não é um desporto elitista, tanto assim que está a ser democráticamente massificado e é intenção até da Câmara em próximas edições “subir o prémio se nos permitirem as contas públicas”. Igualmente satisfeito estava José da Silva, director da Adega Cooperativa, que vê no ténis um veículo para a priopagande, não só do concelho, mas também das suas excelentes marcas de vinhos.

PARTICIPANTES

Tiago Vinhas Sousa terá a acompanhá-lo na disputa nomes como André Lopes, Nelson Almeida, Helder Carvalho, Daniel Roberto, Nuno Matias, Luis Lourenço, Israel Monteiro, Ricardo Cortes, Murad Abuzarav, e Matthiew Garcia, todos do top nacional entre muitos outros, num total de 50. Quanto às participantes femininas, encabeçadas por Patrícia Ribeiro, de realçar a presença de Daria Veretina, Carlota Santos, Liliana Pereira, Yulia Davidenko e Inês Moura que ocupam os lugares cimeiros do respectivo ranking nacional.

(17 Abr / 12:37)

Cantanhede

Open Cantanhede/Marquês de Marialva/Bairrada

– Prize Money de 3.500 euros

A apresentação do já conhecido torneio de ténis Open Cantanhede/Marquês de Marialva/Bairrada terá lugar hoje dia 11 de Abril, pelas 18 horas, na Adega Cooperativa de Cantanhede e vai contar com a presença de Tiago Vinhas de Sousa, actual número 2 do ranking e jogador da selecção nacional.
Refira-se que este torneio está integrado no Grande Prémio TMN e conta com um Prize Money de 3.500 euros. Uma prova que conta ainda com o patrocínio oficial da Câmara Municipal cantanhedense e daquela conhecida Adega Cooperativa.
O torneio que decorrerá entre os dias 18 e 21 de Abril, no Parque Municipal de Ténis de Cantanhede, tem o Qualifying agendado para os dias 13 e 14, esperando-se a presença de muitos dos melhores jogadores nacionais.
A Comissão de Honra do Torneio integra para além do Governador Civil de Coimbra, presidente da Câmara Municipal de Cantanhede, Delegado Regional do IND, Delegado Regional do IPJ, presidente da Região de Turismo do Centro, presidente da Direcção da Adega Cooperativa de Cantanhede, presidente da direcção da Associação de Ténis de Coimbra e o presidente da direcção do Clube Escola de Ténis de Cantanhede.

(11Abr / 16:36)

Cantanhede

XI GASTRONOMIA GANDARESA

O Grupo Folclórico Cancioneiro de Cantanhede, vai realizar no próximo dia 20 de Março, a XI Gastronomia Gandaresa, com o objecto de angariação de fundos e mostra dos aspectos deliciosos da nossa cozinha.
Entre tortas de chouriço e entremeada, sardinhas na telha e uma chanfana com grelos e batata com pele, juntamente com doçaria tradicional, será um jantar a não perder. Pois não faltará uma boa broa e pinga da região.
Durante o jantar, haverá a actuação do grupo da Academia de Coimbra – Imperial Tertúlia “In vino véritas” e para relembrar os velhos tempos a música do Gonçalo Santos para fazer movimentar os pés dos convivas.
O jantar terá lugar na Adega Cooperativa de Cantanhede, pelas 20.30 horas e o preço por pessoa é de 15 Euros.

(10 Abr / 18:05)

Cantanhede

Cantanhede

Câmara equipa Polidesportivo de Montinho

O Executivo Camarário de Cantanhede, presidido pelo Social Democrata, Jorge Manuel Catarino, deliberou autorizar o fornecimento à Junta de Freguesia da Pocariça de diversos equipamentos desportivos, destinados à apetrechar o Polidesportivo de Montinho, os quais vão ser, de imediato, colocados naquele recinto, correspondendo assim a um pedido que lhe foi formulado pela autarquia.
Entretanto, e noutra vertente, a Câmara vai subsidiar as obras de beneficiação da Capela do Zambujal, pelo que atribuiu à Fábrica da Igreja Paroquial de Cadima um subsídio no valor de 817,03 euros.
Acrescente-se ainda que a mesma edilidade está a concluir a elaboração do regulamento da edificação e urbanização. O projecto do regulamento “fixa com clareza conselhos fundamentais que deverão ser tidos em conta na elaboração dos projectos tais como: alinhamento, área bruta de construção, cércea, construção complementar e construção principal, infra-estruturas internas e infra-estruturas gerais, frente urbana e unidade funcional”, segundo o presidente da Câmara.
Por outro lado, em função deste documento, serão ainda “definidas as obras que podem ser consideradas de escassa relevância urbanística, designadamente aquelas que, pela sua natureza, forma, localização, impacto e dimensão a Câmara Municipal entendem não deverem obedecer ao procedimento de licença ou autorização”.
E mais, “são apontadas como geradoras de impacto semelhante a um loteamento todas as construções que disponham de três ou mais fracções autónomas, bem como áreas comerciais, industriais e de serviços, com uma área bruta de construção superior a 500m2”.

(8 Abr / 15:09)
Lusa

Cantanhede

A CULTURA DA VINHA EM PROTECÇÃO INTEGRADA NA ADEGA COOPERATIVA DE CANTANHEDE

A preocupação de produzir melhor qualidade de vinhos, como tem sido reconhecida nos últimos anos, tanto a nível nacional como internacional, suscitou uma vez mais uma reflexão interna, sobre como contribuir de forma mais activa para essa qualidade.
Em resultado da análise efectuada entre os seus órgãos de gestão, foi considerado como passo estrategicamente importante para o futuro da Adega, que, para além da componente social, associada ao seu objecto social, se assumisse igualmente uma componente de serviço, capaz de potenciar efectivamente a qualidade da matéria-prima, por um lado, e num futuro criasse as condições para uma disponibilidade de conhecimentos técnicos ao serviço dos associados, mas também da componente da disponibilização da mão de obra necessária que assegurasse o futuro das explorações relativamente a esta dificuldade real que o sector atravessa no que diz respeito à mão de obra disponível.
Neste contexto, o primeiro caminho a seguir, foi o de começar uma sensibilização dos seus associados para os problemas ambientais e promover a sua formação de maneira a que com respeito pelo ambiente, também fosse alcançada a meta de uma produção de Matéria Prima de qualidade. Tal acção passaria pela implantação da prática da protecção integrada da vinha, como factor determinante na qualidade dos vinhos. Tal prática, inserida nas técnicas culturais, é reconhecidamente hoje, a nível internacional, como geradora de matéria prima de qualidade. A correcta utilização dos produtos fitofarmacêuticos, atendendo aos seus efeitos secundários, nomeadamente a toxicidade tanto para o homem, como primeiro elemento, mas também para outros organismos auxiliares, são determinantes para um produção mais equilibrada, eventualmente com mais qualidade e com efeitos competitivos através de uma redução efectiva dos custos dos factores de produção.
É neste ambiente de se acreditar que a Adega pode ir mais além no apoio aos seus associados, que não seja apenas o do aspecto meramente remuneratório das uvas, ou até de depósito de uvas, que viu com satisfação o reconhecimento pelo Ministério da Agricultura, no passado ano 2001, como Agrupamento de Produtores em “Protecção Integrada da Vinha”, para a Região da Bairrada. Com tal estatuto, torna-se esta Adega pioneira entre os seus pares, numa área fundamental para o ambiente e para a qualidade.
Face a tal reconhecimento, no ano 2001, foi possível, já no âmbito das atribuições, acompanhar mais de cem hectares de vinha dos seus associados, afectando a este novo sector um técnico com formação adequada, que, ao longo do ano, prestou todo o apoio aos associados que aderiram a este sistema de produção. Mais do que o apoio prestado, foram também as facilidades dadas aos aderentes de poderem frequentar acções de formação, nas suas instalações, depois da credenciação obtida como entidade formadora. Foram 6 acções de formação que decorreram entre Novembro de 2001 e Janeiro de 2002, nas quais participaram 127 formandos, todos associados da nossa Adega Cooperativa.
Como projecto futuro, está o aumento para mais de 200 ha de área de vinha em protecção integrada, a acompanhar em 2002, com um objectivo de, nos próximos 5 anos, toda a área de vinha inscrita na adega poder estar a produzir em protecção integrada. Relativamente ao âmbito da prestação de serviços, mais alargada aos seus associados, estão a ser inventariados os processos para o desenvolvimento de tais acções, no mais curto prazo possível, tendo em conta a complexidade que tal representa numa empresa com as características desta.

(21 Mar / 15:39)

Cantanhede

Cantanhede

Atelier de Pintura

A Câmara Municipal celebrou um protocolo de colaboração com a ARCA/ETAC – Escola Superior de Tecnologias Artísticas de Coimbra, ao abrigo do qual vai ser aberto em Cantanhede um “Atelier de Pintura”.
Dirigido a jovens e adultos, este espaço de criação artística irá funcionar na Casa Municipal da Cultura, em horário pós-laboral, estando o início das aulas previsto para a segunda quinzena de Março, sob a orientação de uma licenciada em Artes Plástica pela ARCA/ETAC que fará incidir as suas acções de formação no aperfeiçoamento de técnicas de pintura a óleo e acrílico sobre tela e, também, na abordagem de algumas correntes artísticas e sua evolução.

(21 Mar / 9:46)

Cantanhede

Cantanhede

Militar da GNR morre atropelado após acidente

Um militar da GNR morreu segunda- feira à noite atropelado por um automóvel depois de a moto em que seguia ter embatido num outro veículo, na Estrada Nacional 234-1, em S. Facundo, Ançã, Cantanhede, disse fonte da GNR.
De acordo com o oficial-dia da Brigada 5 da GNR de Coimbra, o veículo que atropelou o militar colocou-se em fuga e ainda não foi identificado.
O cabo Manuel Simões Palhares, de 34 anos, seguia num motociclo quando, num cruzamento, embateu num automóvel, cerca das 19:00. O guarda foi de seguida atropelado por um outro veículo, que circulava em sentido contrário.
O militar da GNR, que seguia do quartel para a sua residência, após um dia de trabalho, ainda deu entrada no bloco operatório dos Hospitais da Universidade de Coimbra, mas não resistiu aos ferimentos.
O acidente obrigou ao corte do trânsito naquela via durante cerca de meia hora.

(19 Mar / 10:15)

Lusa

Cantanhede

Cantanhede

Ciclo de Palestras

A Associação de Pais e Encarregados de Educação da Escola Básica 2+3 de Cantanhede, em colaboração com a Câmara Municipal de Cantanhede, vai levar a cabo um ciclo de palestras, que vão decorrer nos próximos dias 24 e 31 de Maio, pelas 21.30 horas, no Museu da Pedra de Cantanhede, com os seguintes temas:
Dia 24 de Maio: “A delinquência – comportamento de risco e prevenção”.
Dia 31 de Maio: “A escola, a família na formação dos jovens”.

(14 Mai / 12:07)

Cantanhede

Cantanhede

Câmara rescinde contrato

A Câmara Municipal de Cantanhede deliberou manifestar a intenção de rescindir o contrato, celebrado com a Firma Lambelho & Ramos, Lda. respeitante à instalação do sistema de drenagem de águas residuais domésticas da freguesia de Outil, porque a empresa comunicou à autarquia, em 18 de Fevereiro último a suspensão dos trabalhos num dos troços da empreitada, “alegando dificuldades técnicas não prevista, as quais decorreriam da circunstância de os solos serem rochosos”, segundo vice-presidente da Câmara, João dos Reis Sá.
Com esta decisão a Câmara não quer deixar “arrastar uma situação que, em função das escavações já realizadas, levanta sérias dificuldades de circulação à população local”. Aliás, a empresa já foi notificada e, caso não proceda de imediato ao reinício dos trabalhos, o contrato será mesmo legalmente rescindido, porque, segundo apreciação de jurista, “nos elementos fornecidos pelos cadernos de encargos deve considerar-se que a escavação de valas em rocha está abrangida na empreitada posta a concurso e adjudicada ao empreteiro”.

Saneamento da Tocha

O executivo municipal de Cantanhede, liderado por Manuel Jorge Catarino, deliberou adjudicar os trabalhos de ampliação da rede de saneamento da Tocha, melhoramento que abrangerá as zonas sul e poente da vila, nomeadamente as localidades de Berlengas, Caetanas, Pereirões e Bizarros, através de uma conduta de drenagem gravítica, com extensão de 17 kilómetros.
Este é um investimento que deverá ascender a mais de um milhão de contos, levando em conta a dispersão e dimensão dos aglomerados populacionais, bem como as grandes distâncias a percorrer pelos emissários, pelo que, afirma o vice-presidente da Câmara, “é forçoso que a sua construção decorra de forma faseada”. O mesmo autarca considera que a ampliação desta rede constitui “a primeira de um conjunto significativo de obras a concretizar a curto/médio prazo”.
Além disso, justifica o começo das obras pelas Berlengas, Caetanas, Pereirões e Bizarros, pelo facto de ser possível de colocar em funcionamento este sector, através da sua ligação às ETAR’s do Hospital de Rovisco Pais e da Lactogal.

(15 Mai / 14:24)

Cantanhede

Cantanhede

Tribunal liberta eslovenos suspeitos de assaltos

O Tribunal de Cantanhede decretou a libertação de três eslovenos, um casal e o filho, detidos terça-feira pela alegada prática de assaltos a residências, disse hoje fonte da GNR.
O Tribunal, em decisão tomada quarta-feira, determinou que o homem e a mulher, de 45 e 35 anos respectivamente, e o filho, de 16, fossem libertados, ficando obrigados a apresentações periódicas no Serviço de Estrangeiros e Fronteiras.
Os três eslovenos foram detidos na terça-feira por militares do posto da GNR de Ançã, após uma perseguição que lhes foi movida na sequência de pelo menos dois assaltos a residências em S. João do Campo e Portunhos.
Segundo fonte do posto de Ançã (Cantanhede), os suspeitos foram detidos na zona da Cidreira (Coimbra), após populares terem descrito às autoridades a viatura em que os assaltantes se puseram em fuga.

(16 Mai / 16:51)

Cantanhede

Cantanhede

A.H.B. Voluntários de Cantanhede prepara livro do século de sua fundação

Em plena consagração das comemorações dos 100 anos da altruísta instituição, iniciadas no mês de Abril último e que se prolongarão até final do ano de 2002, estão a ser recolhidos destinados à edição de um livro, da vida da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários no século da sua fundação, ou seja no dia 24 de Agosto próximo.
A efeméride secular que está a ser estudada pela Direcção da Humanitária entidade, e de que, a seu tempo será dado a conhecer o programa dos festejos, assinalará um marco imperecível na existência da única Associação no género do concelho de Cantanhede com a abrangência da sua secção na Tocha – também única na jurisdição concelhia.

8 Mai / 10:00)

Cantanhede

Cantanhede

No âmbito da saúde vai abrir um novo centro

Perto do Largo de S. Mateus, junto das traseiras do moderno edifício da Caixa de Crédito Mútuo e do Palácio da Justiça, vai abrir no próximo dia 1 de Junho, nesta cidade, um novo estabelecimento de saúde, intitulado Centro Médico São Mateus, situado numa bela área moderna, onde perto também se situa o actual edifício da Associação dos Bombeiros Voluntários.
(30 Mai / 12:20)

Cantanhede

Cantanhede

Marchas populares

– Uma manifestação de alegre euforia

No próximo dia 28 de Junho, a cidade de Cantanhede, vai assistir a um desfile de marchas populares – catorze são elas! – originárias de diversas freguesias e outras povoações da jurisdição administrativa de Cantanhede (Balsas, Cabeços, Chorosa, Arrotas, Febres, Fontinha, Pocariça, Lagoas, Pedreira, Serredade, Grupo Musical das Franciscas, Grupo Etnográfico de Zambujal, Grupo Típico de Cadima e R.F. “Os Lavradores da Cordinhã”).
Num percurso que é curto, se atendermos à zona geográfica da cidade, o cortejo sai da rua dos Bombeiros Voluntários, passando pelo Largo Pedro Teixeira, Largo Cândido dos Reis, Rua dos Namorados, Largo D. João Crisóstomo de Amorim Pessoa, Rua Marquês de Marialva e Praça D. António Luís de Meneses (Conde de Cantanhede e Marquês de Marialva). Nesta artéria bem como na de D. Crisóstomo de Amorim terá lugar a exibição dos grupos.
Deste modo, na noite de S. Pedro, padroeiro de Cantanhede – autoridades e outras entidades assistirão, com muito público, a essas manifestações populares com seus balões, coreografia e cantares, que vão lembrar as antigas manhãs populares – Bairro Sul e S. João (esta é noite da cidade) que alegraram no passado, com a sua rivalidade, as noites dos Santos Populares.
“Cantanhede – Sabores de Terra e Mar” é um “slogan” turístico que a Édis criou para evocar um concelho em franco progresso.

Licínio Alves

(24 Jun / 14:40)

Cantanhede

Cantanhede

Programa da EXPOFACIC

Expofacic, em 12ª edição vai decorrer em Cantanhede entre 20 e 28 de Julho, período em que decorrem também as festas do mesmo concelho. Para o efeito a Câmara Municipal já elaborou um desenvolvido programa de animação cultural onde não faltam estrelas da canção portuguesa como Tony Carreira, Vitorino, Micaela, Quim Barreiros, Mónica Sintra, Anjos, Santa Maria, João Pedro Pais e Luis Represas além de toda uma panóplia de Ranchos Folclóricos, Corais, Escolas de Música. Além disso foram contempladas outras vertentes, nomeadamente a nível de desporto com Tiro Olímpico com arco, Torneio de Ténis.

Programa

Sábado, 20
17.00 horas – Abertura oficial da Expofacic/2002
21.30 horas – Actuação Tuna de Ançã (Palco 3); Actuação da Orquestra Juvenil dos Covões (Palco 2); Actuação do Grupo Típico de Ançã (Palco 2).
23.00 horas – Tony Carreira (Palco 1).
Domingo, 21
17.00 horas – Abertura do certame
Tiro Olímpico com Arco – Demonstração (Relvado Parque Expo – Desportivo S. Mateus); Actuação do Grupo Coral e Instrumental da Escola Pedro Teixeira (Palco 3); Actuação do Rancho Folclórico “Os Malmequeres do Zambujal” (Palco 2); Actuação do Grupo Folclórico “Cancioneiro de Cantanhede” (Palco 2).
23.00 horas – Vitorino (Palco 1)
Segunda-feira, 22
19.30 horas – Abertura do certame
21.30 horas – Convívio Musical pela Escola do 1º CEB de Ançã (Palco 3); Actuação do Grupo de Cantares da Escola Secundária de Cantanhede (Palco 3); Actuação do Grupo Etnográfico do Corticeiro de Cima (Palco 2); Actuação do Grupo Etnográfico Dança e Cantares da Associação Cultural e Recreativa do Zambujal (Palco 2).
23.00 horas – Micaela (Palco 1).
Terça-feira, 23
19.30 horas – Abertura do certame
21.30 horas – Actuação da Escola Municipal de Música António Lima de Fragoso (Palco 3); Actuação do Grupo Etnográfico “Danças e Cantares do Zambujal” (Palco 2)
23.00 horas – Quim Barreiros (Palco 1).
Quarta-feira, 24
19.30 horas – Abertura do Certame: Actuação do Rancho Folclórico “Cantarinhas da Fontinha” (Palco 2); Concerto pelos alunos do Curso de Música, promovido pela Associação Arte e Cultura do Concelho de Cantanhede (Palco 2).
23.00 horas – Mónica Sintra (Palco 1)
Quinta-feira, 25
15.00 horas – Cerimónias comemorativas do Feriado Municipal
16.30 horas – Cortejo Histórico Etnográfico
17.00 horas – Abertura do certame
18.00 horas – Inauguração da Exposição de Minerais do Museu Nacional de História Natural no Museu da Pedra, e visita à Exposição “Desenhos de Zulmiro de Carvalho”, na Casa Municipal da Cultura
21.30 horas – Actuação do grupo da Escola EB 2,3 de Cantanhede (Palco 3); Actuação do Rancho Folclórico “Rosas Brancas da Camarneira” (Palco 2); Actuação do Grupo típico de Cadima (Palco 2).
23.00 horas – Anjos (Palco 1).
Sexta-feira, 26
19.30 horas – Abertura do certame
Dia do Empresário: “Gestão e Sucessão de Empresas Familiares Novas Tecnologias de Informação” (Auditório da Biblioteca Municipal).
21.30 horas – Actuação do Agrupamento Gândara-Mar (palco 3); Actuação do Grupo Folclórico da Sanguinheira (palco 2); Actuação do Rancho Folclórico “Os Lavradores de Cortinhã” (Palco 2); Actuação do Grupo de Cordas de Cordinhã (Palco 2)
23.00 horas – Santa Maria (Palco 1)
Sábado, 27
10.00 horas – Torneio de Ténis “Festas da Cidade” (Complexo Desportivo Municipal); Dia do Agricultor; Floresta; Reconversão da cultura da batata; Qualidade do Leite / Inibidores / Iniciativa Líder Mais /Auditório da Biblioteca Municipal).
17.00 horas – Abertura do Certame
– Demo Skate – Demonstração (Recinto Expo-Desportivo S. Mateus); 1º Torneio de Tiro com Arco “Expofacic” (Relvado Parque Expo-Desportivo S. Mateus)
21.30 horas – Actuação do Agrupamento Finisterra de Febres (Palco 3); Actuação do Rancho Folclórico 1º de Maio da Tocha (Palco 2); Actuação do Rancho Folclórico “Rosas de Maio de Febres” (Palco 2).
23.00 horas – João Pedro Pais (Palco 1)
Domingo, 28
10.00 horas – Torneio de Ténis “Festas da Cidade” (Complexo Desportivo Municipal); 1º Festival de Aeromodelismo “Expofacic” (Quinta de S. Mateus).
17.00 horas – Abertura do Certame
– Exposição de Aeromodelismo (Relvado Parque Expo-Desportivo S. Mateus); Descolagem de Pára-Motor; Aterragem de Pára-Motor (Relvado Parque Expo-Desportivo S. Mateus)
21.30 horas – Actuação do Rancho Folclórico “Bairradinos de Ourentã” (Palco 2); Actuação do Grupo Etnográfico de Recardães – Águeda (Palco 2).
23.00 horas – Luis Represas (Palco 1)
01.00 horas – Encerramento da Expofacic
– Lançamento de Fogo de Artifício

(4 Jul / 9:41)

Cantanhede

Cantanhede

Famílias carenciadas

Como instituição sócio-caritativa e consubstanciada como Sociedade de S. Vicente de Paulo, o seu património físico (Bairro Vicentino e também algumas moradias na Varziela), encontra-se praticamente ocupado com famílias carenciadas.
Entretanto, continuam a surgir muitas famílias em busca de uma vivenda desse Património dos pobres e, em alguns casos, os problemas são “gritantes” e não são poucos os pretendentes.
Algumas famílias que se instalaram ultimamente na cidade mais têm aumentado este estado social dos nossos dias.

Licínio Alves

(4 Nov / 13:49)

Cantanhede

Cantanhede

Programa da EXPOFACIC

Expofacic, em 12ª edição vai decorrer em Cantanhede entre 20 e 28 de Julho, período em que decorrem também as festas do mesmo concelho. Para o efeito a Câmara Municipal já elaborou um desenvolvido programa de animação cultural onde não faltam estrelas da canção portuguesa como Tony Carreira, Vitorino, Micaela, Quim Barreiros, Mónica Sintra, Anjos, Santa Maria, João Pedro Pais e Luis Represas além de toda uma panóplia de Ranchos Folclóricos, Corais, Escolas de Música. Além disso foram contempladas outras vertentes, nomeadamente a nível de desporto com Tiro Olímpico com arco, Torneio de Ténis.

Programa

Sábado, 20
17.00 horas – Abertura oficial da Expofacic/2002
21.30 horas – Actuação Tuna de Ançã (Palco 3); Actuação da Orquestra Juvenil dos Covões (Palco 2); Actuação do Grupo Típico de Ançã (Palco 2).
23.00 horas – Tony Carreira (Palco 1).
Domingo, 21
17.00 horas – Abertura do certame
Tiro Olímpico com Arco – Demonstração (Relvado Parque Expo – Desportivo S. Mateus); Actuação do Grupo Coral e Instrumental da Escola Pedro Teixeira (Palco 3); Actuação do Rancho Folclórico “Os Malmequeres do Zambujal” (Palco 2); Actuação do Grupo Folclórico “Cancioneiro de Cantanhede” (Palco 2).
23.00 horas – Vitorino (Palco 1)
Segunda-feira, 22
19.30 horas – Abertura do certame
21.30 horas – Convívio Musical pela Escola do 1º CEB de Ançã (Palco 3); Actuação do Grupo de Cantares da Escola Secundária de Cantanhede (Palco 3); Actuação do Grupo Etnográfico do Corticeiro de Cima (Palco 2); Actuação do Grupo Etnográfico Dança e Cantares da Associação Cultural e Recreativa do Zambujal (Palco 2).
23.00 horas – Micaela (Palco 1).
Terça-feira, 23
19.30 horas – Abertura do certame
21.30 horas – Actuação da Escola Municipal de Música António Lima de Fragoso (Palco 3); Actuação do Grupo Etnográfico “Danças e Cantares do Zambujal” (Palco 2)
23.00 horas – Quim Barreiros (Palco 1).
Quarta-feira, 24
19.30 horas – Abertura do Certame: Actuação do Rancho Folclórico “Cantarinhas da Fontinha” (Palco 2); Concerto pelos alunos do Curso de Música, promovido pela Associação Arte e Cultura do Concelho de Cantanhede (Palco 2).
23.00 horas – Mónica Sintra (Palco 1)
Quinta-feira, 25
15.00 horas – Cerimónias comemorativas do Feriado Municipal
16.30 horas – Cortejo Histórico Etnográfico
17.00 horas – Abertura do certame
18.00 horas – Inauguração da Exposição de Minerais do Museu Nacional de História Natural no Museu da Pedra, e visita à Exposição “Desenhos de Zulmiro de Carvalho”, na Casa Municipal da Cultura
21.30 horas – Actuação do grupo da Escola EB 2,3 de Cantanhede (Palco 3); Actuação do Rancho Folclórico “Rosas Brancas da Camarneira” (Palco 2); Actuação do Grupo típico de Cadima (Palco 2).
23.00 horas – Anjos (Palco 1).
Sexta-feira, 26
19.30 horas – Abertura do certame
Dia do Empresário: “Gestão e Sucessão de Empresas Familiares Novas Tecnologias de Informação” (Auditório da Biblioteca Municipal).
21.30 horas – Actuação do Agrupamento Gândara-Mar (palco 3); Actuação do Grupo Folclórico da Sanguinheira (palco 2); Actuação do Rancho Folclórico “Os Lavradores de Cortinhã” (Palco 2); Actuação do Grupo de Cordas de Cordinhã (Palco 2)
23.00 horas – Santa Maria (Palco 1)
Sábado, 27
10.00 horas – Torneio de Ténis “Festas da Cidade” (Complexo Desportivo Municipal); Dia do Agricultor; Floresta; Reconversão da cultura da batata; Qualidade do Leite / Inibidores / Iniciativa Líder Mais /Auditório da Biblioteca Municipal).
17.00 horas – Abertura do Certame
– Demo Skate – Demonstração (Recinto Expo-Desportivo S. Mateus); 1º Torneio de Tiro com Arco “Expofacic” (Relvado Parque Expo-Desportivo S. Mateus)
21.30 horas – Actuação do Agrupamento Finisterra de Febres (Palco 3); Actuação do Rancho Folclórico 1º de Maio da Tocha (Palco 2); Actuação do Rancho Folclórico “Rosas de Maio de Febres” (Palco 2).
23.00 horas – João Pedro Pais (Palco 1)
Domingo, 28
10.00 horas – Torneio de Ténis “Festas da Cidade” (Complexo Desportivo Municipal); 1º Festival de Aeromodelismo “Expofacic” (Quinta de S. Mateus).
17.00 horas – Abertura do Certame
– Exposição de Aeromodelismo (Relvado Parque Expo-Desportivo S. Mateus); Descolagem de Pára-Motor; Aterragem de Pára-Motor (Relvado Parque Expo-Desportivo S. Mateus)
21.30 horas – Actuação do Rancho Folclórico “Bairradinos de Ourentã” (Palco 2); Actuação do Grupo Etnográfico de Recardães – Águeda (Palco 2).
23.00 horas – Luis Represas (Palco 1)
01.00 horas – Encerramento da Expofacic
– Lançamento de Fogo de Artifício

(4 Jul / 9:41)

Cantanhede

Cantanhede

Famílias carenciadas

Como instituição sócio-caritativa e consubstanciada como Sociedade de S. Vicente de Paulo, o seu património físico (Bairro Vicentino e também algumas moradias na Varziela), encontra-se praticamente ocupado com famílias carenciadas.
Entretanto, continuam a surgir muitas famílias em busca de uma vivenda desse Património dos pobres e, em alguns casos, os problemas são “gritantes” e não são poucos os pretendentes.
Algumas famílias que se instalaram ultimamente na cidade mais têm aumentado este estado social dos nossos dias.

Licínio Alves

(4 Nov / 13:49)

Deixar uma resposta

Siga-nos

Primeira página

O JB no Facebook

Publicado a 3 days ago por

Jornal da Bairrada

Dia Mundial da Fotografia.
Celebre-se!
... See MoreSee Less

Ver no Facebook
Share This