Oliveirinha

Pai e filho morrem em vala

Um dia após ter morrido um jovem soterrado numa vala de saneamento, no concelho da Mealhada, eis que mais um acidente deste género vem enlutar uma família de Oliveirinha – Aveiro, onde pai e filho morreram, no último sábado, soterrados pelas terras de uma vala, junto a uma moradia em construção.
As duas vítimas são oriundas de uma família numerosa. O sexagenário tinha mais 12 irmãos. Teimosia e imprevidência estiveram na origem da tragédia. José Mostardinha andava há seis meses a construir a casa para o filho e necessitava de colocar um plástico na estreita vala que ficava paredes meias com a casa em construção.
Este sexagenário terá dito que levavam 600 euros (120 contos) para colocar o plástico, mas que era muito caro e que ele próprio ia colocar. Terá sido avisado para o não fazer, mas não ligou.
José estava no fundo da vala, a tentar prender o plástico, quando as terras molhadas desabaram. O seu filho tentou salvá-lo, mas não conseguiu. Ficaram os dois soterrados, quase à vista da mulher e filha, que foram espreitar o trabalho do marido e irmão.
(18 Mar / 17:10)