A forte aposta da ADREP, este ano, na equipa de atletismo não poderia ter dado melhores frutos. “Em boa hora, esta direcção apostou na modalidade – tinha de ser o ano do atletismo”, destacou o presidente da direcção, Mário Braga, na festa/convívio de encerramento da época 2009/10, na última sexta-feira.
“Apesar de termos outras modalidades, a ADREP nasceu, há 34 anos, com o atletismo e com ele cresceu. Tem sido esta modalidade que tem levado o nome da ADREP por esse país fora e pelo estrangeiro”, acrescentou.
Foi um ano de ouro, conforme comprovam os troféus colectivos ganhos (Camp. Nac. Juniores Corta-Mato – prata; Camp. Portugal/Pista Coberta 4x400m – bronze; Camp. Nac. Juniores 4x400m – prata); os títulos nacionais, por Jorge Batista (Camp. Nac. Juniores/Pista Coberta 800m; Camp. Nac. Juniores/Ar Livre 800m; Camp. Nac. Sub-23/Ar Livre 800m) e Flávia Costa (Camp. Nac. Juvenis, Dardo); os títulos de vice-campeões, por Jorge Batista (Camp. Nac. Sub-23/Pista Coberta 800m) e Soraia Ruas (Camp. Nac. Juniores/Ar Livre, Peso; Camp. Nac. Sub-23/Ar Livre, Peso); os 3.ºs lugares nacionais, por estes mesmos atletas, Jorge Batista (Camp. Nac. Juniores/Ar Livre 400m) e Soraia Ruas (Camp. Nac. Juniores/Pista Coberta, Peso; e Camp. Nac. Juniores/Ar Livre, Disco); os 13 pódios regionais; os 78 pódios distritais; o 5.º lugar na disputa da 2.ª Divisão Nacional Femininos; e o 6.º lugar (a 9 pontos do pódio) na disputa da 3.ª Divisão Nacional.
Ainda assim, Mário Braga não está satisfeito: “para o ano quero mais e, para isso, conto com todos os atletas e treinadores desde ano e com outros, já que pretendemos reforçar a nossa equipa.”

Reconhecimento

Foi uma noite pautada por reconhecimentos e homenagens. Começando por Carlos Ferreira, “um homem que deu muito da sua vida à ADREP, como atleta e como colaborador da secção de atletismo”. Seguiu-se o reconhecimento à atleta Sandra Leitão, “pela sua dedicação à ADREP”.
Os quatro treinadores efectivos – Renato Duarte, Mário Cordeiro, Carla Ruela e Luís Lima – receberam depois a medalha dourada; a Manuel Rocha (treina três atletas em Ílhavo) coube a medalha prateada.
Mário Braga agradeceu o apoio da Jóia Aveiro, que patrocinou a equipa durante as duas últimas épocas, e anunciou o patrocinador para a época 2010/11, Elite Club.
A direcção aproveitou ainda a noite para homenagear os campeões nacionais de karaté contact da ADREP, André Lopes, Bruno Lopes e Daniel Lopes, o vice-campeão André Maia, e o seu Mestre, Jorge Oliveira.
Mas a noite era, de facto, do atletismo. E a associação da Palhaça entendeu distinguir, de forma especial, os atletas Jorge Batista e Soraia Ruas e o seu treinador, Renato Duarte, com a medalha de prata da ADREP, medalha que, até hoje, apenas tinha sido entregue ao então primeiro-ministro Cavaco Silva, a José Simões de Carvalho e à Câmara Municipal de Oliveira do Bairro. Jorge Batista agradeceu à ADREP, “com a qual cresci no atletismo” e ao seu treinador – “sem ele, o meu sucesso não seria conseguido”. Já Soraia Ruas agradeceu “a todos os que acreditaram em mim e me apoiaram”.
Para Renato Duarte, este foi um momento que jamais esquecerá, dedicando-o “a todos os que me têm acompanhado ao longo destes seis anos, quando começámos um projecto que não estava nos melhores dias”.
Para o final ficaram as palavras dos presidentes da Junta de Freguesia da Palhaça e da Câmara Municipal de Oliveira do Bairro. Manuel Martins elogiou atletas, treinadores e direcção pelos êxitos, dos quais “a freguesia e o concelho se orgulham”.  Também o autarca Mário João Oliveira referiu o orgulho sentido “por poder contar com uma associação com esta dimensão e dinamismo”, dizendo que “a aposta nos jovens e na formação é uma aposta ganha”. Por fim, desejou “a continuação dos maiores sucessos para a ADREP e seus atletas”.

Oriana Pataco

oriana@jb.pt