O executivo de Anadia, liderado pelo autarca Litério Marques, quer contrair um novo empréstimo na banca, no montante de 2 milhões e 474 mil euros, a amortizar no prazo de 10 anos.
O assunto, extra agenda, foi trazido para reunião de Câmara, pelo autarca Litério Marques. O executivo aprovou proceder à consulta de algumas entidades bancárias, para posterior remissão deste pedido à Assembleia Municipal, que irá deliberar sobre esta matéria.
A proposta de empréstimo de médio – longo prazo, a amortizar no prazo de 10 anos, destina-se a financiar um conjunto de investimentos “de relevância municipal e regional” (lê-se na proposta apresentada), a saber: requalificação urbana e acessibilidades integradas da cidade de Anadia; beneficiação da EM 1656 entre a EN/IC2 (Av. Caminho) e o limite do concelho; beneficiação da estrada de ligação do cruzamento EM 605 (Av. Cima) até à EN 336 (Ferreiros) em 4,95 quilómetros; beneficiação da estrada de ligação da EM 611 entre a rotunda da EN 333-1 e a da Curia; Centro Escolar de Sangalhos, Pista de BMX, requalificação urbana e acessibilidades integradas na Curia; Rio da Serra – recuperação de açude e recuperação de margens; áreas de acolhimento empresarial – Zona Industrial de Vilarinho Bairro; Pavilhão Desportivo de Sangalhos.

CC