A Assembleia da Secção de Cantanhede do PSD aprovou o nome do atual edil João Moura para candidato do partido às próximas eleições autárquicas, em outubro.
O plenário da concelhia social-democrata reuniu na sexta-feira, 1 de fevereiro, e sufragou, por unanimidade e aclamação, a proposta da Comissão Política, também aprovada por unanimidade, de apresentar o atual presidente da autarquia cantanhedense como cabeça de lista à Câmara Municipal.

Excelente desempenho. No decurso da sessão, foram destacados alguns aspetos extremamente positivos da gestão camarária, designadamente o equilíbrio financeiro da instituição na conjuntura adversa que se tem vivido nos últimos anos, o reconhecimento de que foram realizados investimentos estruturantes que representam um avanço significativo dos níveis de qualidade de vida das populações e a constatação de que João Moura, além da sua reconhecida competência e capacidade de gestão, dispõe de um grande capital de confiança junto dos munícipes.
Os membros da assembleia do PSD foram também unânimes em considerar que o líder do executivo camarário cantanhedense conduziu de modo exemplar dossiês fundamentais para o município, nomeadamente no âmbito do QREN, através dos quais se obtiveram relevantes comparticipações financeiras para grandes obras em infraestruturas e equipamentos coletivos, como os novos centros educativos, a requalificação urbana, valorização da rede viária e saneamento. Só nesta área, foram investidos, através da INOVA, mais de 13,4 milhões de euros, que permitiram passar de uma taxa de cobertura do território de 54% em 2009, para 95% no final do último ano.
Para os sociais-democratas de Cantanhede, numa altura em que se aproxima o arranque de um novo quadro comunitário de apoio “é crucial que o presidente do Município de Cantanhede seja alguém como João Moura, que tem larga experiência e capacidade de negociação dos financiamentos junto de quem decide a atribuição dos fundos comunitários”.
Por outro lado, foi ainda enaltecido o excelente relacionamento institucional do atual presidente da Câmara com todos os presidentes de junta de freguesia e com as associações, entidades que tiveram sempre apoio financeiro significativo da parte da Câmara Municipal.